Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quando a noite chega devagar...

Confessado por Mulherde30, em 27.11.07

Pescador.jpg
Fotografia: Bruno Oliveira

... e nos transforma em pescadores de sonhos, de ilusões.
Quando já nem é dia nem noite, quando já não é uma coisa e ainda não é outra, estendemos os olhos e vimos que a solidão, tem tantas formas.
E uma das formas da solidão, é nem sequer nos sentirmos sós.

Partilhamos tardes serenas com um amor daqueles que nem sempre precisa de palavras, daqueles que nos faz olhar mais longe e perceber que a Vida tambem é isto. Tambem é silêncio, tambem é paz.
O sol desce devagar, transforma o horizonte em imagens mágicas, incendeia as águas. E o vento agita canaviais numa melodia que só quem é livre, consegue ouvir. Os pássaros voam, sente-se aquele murmurar baixinho do peito em cada bater de asas:" sou feliz, sou feliz".

Deixamo-nos apenas embalar num embalo doce de águas tranquilas e mansas que são fogo no nosso olhar...

Como confissão: Gostei desta tarde, desta partilha, desta mistura de paixões, de observar a lagoa a incendiar-se mesmo à nossa frente, debaixo dos nossos pés. Da tua mão na minha, dos teus lábios procurando os meus.

publicado às 22:10

Ocupar os dias...

Confessado por Mulherde30, em 21.11.07

v8.jpg


Entre médicos e urgências de hospitais, lá me disseram que estava doente. Grande novidade. Como se eu não soubesse, às dores que tinha.
- Vá para casa e descanse.
- Mas o que tenho, afinal?
- Não sabemos, só daqui a uma semana, depois do tratamento é que a vamos analisar outra vez e perceber.

Ah, daqui a uma semana. Talvez na autópsia seja mais fácil, certo?

Mas bom, se andei uma semana com dores, ando outra de descanso, a sentir o corpo a criar raizes na cama, aborrecida.
A ver televisão nos programas divertidissimos da tarde, chegando a ponto de apetecer ligar e gastar 0.60€ mais IVA para responder a questões simples e ganhar dinheiro.
E o aborrecimento prolongou-se e eu, toca de ligar.
- Ainda não foi desta, tente outra vez! - disseram do outro lado, numa voz irritante.
- Estupida.

E chove tanto que tudo fica mais aborrecido. Não me apetece ler. Podia sentar-me aqui e esmiuçar-me por dentro, escrever, deixar-me voar. Não me apetece. Se calhar devia deixar de lado o robe, tentar esquecer a dor e responder às cartinhas que se acumulam. Mas nem isso.
Que merda.
Podia ir lá para fora, apanhar sol. (Raquel, já é noite). Mas não. Chove e eu vejo-me fechada em casa, doente. E pior que isso, nem sei o que tenho.
Quer dizer que estou mesmo fod****.

publicado às 18:30

Bom final de semana...

Confessado por Mulherde30, em 10.11.07

rogerio felicio.jpg
Fotografia: Rogerio Felicio


Os dias de Outono até podem ser pequenos. Mas tenta enchê-los de emoções grandes...

publicado às 14:54

Zoosociedade...

Confessado por Mulherde30, em 09.11.07

PB090023.JPG
Fotografia: Eu mesma


Ok, sou fumadora. Sei-o eu e meio planeta. E já sei que faz mal, mas garanto que aturo coisas e gentinha que me faz bem pior ao sistema e cá me aguento à bronca.
E tambem sei que pode diminuir os anos de vida, mas deixem-se dessas merdas porque cá para mim, morrer aos 80 ou aos 72 não deve fazer muita diferença a essa altura da vida.
E tambem sei que é dinheiro muito mal gasto, mas fonha-se, deixem-me ter algum prazer na vida.
Um dia, se decidir, deixo o vicio e pronto. Alem do mais, não conheço ninguem que não tenha vicios. E se existe alguem, deve ser uma couvinha sem soda, sem gracinha nenhuma.

E posso dizer que não acho muita graça em deixarem de lado os fumadores, favorecendo os não fumadores.
Se uns têm direito, os outros também. Creio que li algures que todos os cidadãos são iguais perante a lei. Eu até podia acrescentar: "desde que tenham dinheiro". Mas isso são histórias longas demais e hoje não me apetece.
Mas tambem sei que não há lugares publicos com capacidade para terem o espaço dividido.
No fundo, todos os lugares passam a ter lugar para fumadores. Ou seja, na rua.
Muito bem...


Isto vai num bom caminho.
Não é proibido fumar, certo? Claro... aquilo que os parvos como eu deixam nos cofres do estado à conta do tabaco, nenhum politico seria estupido para proibir a venda, mas para se armarem em muito inteligentes é começar a proibir que o façam em lugares publicos.

Uma cambada de hipócritas.

Mas a surpresa é abrir um maço de tabaco e ver isto... que é como quem diz:
Sim, fumar mata. Mas obrigado por escolheres o nosso tabaco para te matares.

Ele há lá com cada um!

publicado às 17:23

Eden...

Confessado por Mulherde30, em 04.11.07

Há dias assim, melancólicos. Nem sequer sei ao certo se posso dizer que é por causa do Outono. Pode ser apenas um estado de alma. A alma por vezes adormece. Foge. Escapa-se por momentos.


Anoitece mais cedo. Apetece lareiras e mantas e amor. E uma tranquilidade doce, que nos faz esquecer e sobrevoar em voos rasantes a realidade dos dias.

Se calhar precisava apenas de ter a tua ternura espalmada na pele. De ter o teu carinho a apertar-me a alma.
Se calhar precisava apenas dos braços entrelaçados em abraços e sentir.
Sentir que sim. Sentir cá por dentro, no fundo onde faz eco, que estares perto é saber que afinal, a vida faz sentido.

E sentir na pele um arrepio, sentir o calor dos corpos, o compasso dos corações e libertar a alma, deixá-la partir sem a prender. Ela sempre volta, sabes?
Ouvir uma melodia e deixar-me levar por todos os outros sentidos.

Se calhar... é assim, nos gestos simples, que nos aninhamos num embalo doce de paraíso.

publicado às 21:12


O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D