Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os incriveis...

Confessado por Mulherde30, em 28.05.08

incriveis.jpg


Bem sei que ver televisão é o desporto favorito daqueles que não têm nada melhor para fazer. Infelizmente, nos ultimos tempos, quase não lhe ponho os olhos em cima não porque não tenha mais nada que fazer, que tenho, mas o raio do tempo não se multiplica. O que me resta depois de um dia longuissimo de trabalho? Telenovelas.
(E garanto que tenho dias em que só de ver televisão, fico feliz.)
Pelo menos ainda me rio ou esqueço o que me preocupa. Ou fico a pensar até onde pode ir a imaginação de quem cria. Ou como podem pagar o que pagam por uma telenovela para depois a passarem à meia noite. Ou mais giro que isso, como a um Domingo à noite noitinha, passam um episódio de uma telenovela que durante a semana dá no final da tarde...

Mas adiante que não é sobre telenovelas que quero falar.
Quero falar que um dia desta semana saí mais cedo do trabalho. Mais cedo significa que depois de 10 horas vim embora! ehehehehehhe
E vejo, depois das noticias, os Incriveis.

Incriveis? Perguntam vocês.
Sim, isso mesmo... os incriveis. E não, não foi o filme.
Era mais ou menos a vidinha dos jogadores da nossa seleção.
Dei por mim com a boca aberta, incrédula com o que ouvia. Um gajo a dizer que tal, que não se podia dizer que os jogadores fossem ricos. Porque não podiam esquecer que acabam cedo as carreiras.
Ó migo... enquanto não acabas as carreiras ganhas mais num ano que um mero cidadão numa vida inteira de trabalho. Não sei se sabes quanto é o ordenado minimo neste país em que moras!?

Os incriveis... Incriveis!
São eles de passeio nos seus carros de luxo, nas suas mansões de reis. A exibirem como são bonitas as esposas....

E eu fico aqui a pensar naqueles que pagam em 60 duras prestações um carro a cair de podre. Nos que se entalam até ao tutano para pagar um mísero T2 nos suburbios. E a pensar se grande parte das mulheres não seriam bonitas se tivessem aquela qualidade de vida.

Incriveis... pois.
Incrivel é a empregada que tem tudo limpo quando lá vão filmar a casa. E as roupas todas em ordem separadas por cores.
Incrivel é aquele que por um bilhete para ir ao estádio vende a alma ao diabo.
Incrivel sou eu e milhares como eu que ganham uma miséria e conseguem fazer o milagre de durar mesmo quase quase até receber o próximo ordenado.
Incrivis são aqueles que ainda ficam sentados no sofá a ver esta gentinha a gozar com o pobre que trabalha.

Os incriveis... Realmente é tão incrivel que a minha alma fica parva.
Mas se me permitem perguntar, incriveis porquê? Porque tiveram e aproveitaram uma oportunidade? Ou incriveis porque jogam futebol?
Porque cá para mim, incrivel incrivel, são os ordenados que lhes são pagos no final do mês...

Os incriveis... não me façam rir.

publicado às 19:49

Procura-se...

Confessado por Mulherde30, em 25.05.08

burro2ml9.png

Troco carro Seat Ibiza, usado, por Burro.
Burro divertido para me fazer rir a caminho do trabalho. Tipo o do Shrek, sabes? Que é Burro e giro. Que fala que se farta e ainda por cima diz parvoices.

Enquanto trabalho, nã pago parquimetro e deixo-o a pastar ali perto à sombra.
Garanto que cuido bem dele. Ou farei por isso.


Por mais que coma e precise de cascos, não acredito que a sua manutenção anual me fique mais cara que um depósito de combustivel.
E com sorte, ainda adquiro uma carroça para dar boleia a outros tantos como eu que já quase desesperam com este roubo descarado.

publicado às 22:14

Se eu fosse capaz...

Confessado por Mulherde30, em 07.05.08

ARLINDA MESTRE.jpg
Fotografia: Arlinda Mestre

... de escrever uma frase que fosse. Com principio meio e fim. Ou apenas com sentido...

Não sou. Estou demasiado cansada...
Quero a água quente misturada com cheiros Dove a deslizarem pela pele em jeito de caricia.
Secar os cabelos em desalinho e deitar-me nos lençóis coloridos.
Quero a musica a tocar baixinho, enrolar o corpo no corpo de um amor.
E mergulhar na outra vida que vivo enquanto durmo...

publicado às 21:01


O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D