Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Era outra vez uma vez...

Confessado por Mulherde30, em 28.10.06

divorcio.jpg

Não sei se é porque a hora vai mudar, não sei é porque estou a entrar em obras, não sei se é porque o dia hoje esteve azul, quente e perfeito para amar...
Não sei. Sei apenas que me apetece escrever. E pior que isso: escrever sobre as coisas que nem ao diabo lembra.
Esta tarde, por entre um milhão de pensamentos que me ocorrem por minuto, houve um que se salientou.
Tudo isto porque vi um casal sentado ao meu lado, ambos de olhar perdido, num silêncio que até a mim me incomodou. E foi por isso que lembrei de um amigo que costuma contar-me uma história sempre que vem de viagem e me pergunta se continuo sozinha. Eu lá lhe digo que sim. Ele sempre me diz que faço muito bem...

Era outra vez uma vez...

(recém casados)
Quando ele abre a porta de casa, ela salta-lhe nos braços, enche-o de beijos. Ele já adivinha em cima da cama, uma camisa sensual.
Mesa posta, velas...
A esposa bem vestida, cabelos penteados, perfumada.
Ela no entusiasmo diz-lhe:
- Meu quiduxo, coisa mai linda do mundo inteiro...senta-te no sofá a descansar que eu estou quase a terminar o jantar. Comprei camembert e fiz kouign amann... vamos começar com bouillabaisse, depois um boeuf bourguignon com aligot. Ah, tambem preparei um crème brûlée e o vinho que escolhi é de casta cabernet sauvignon.
Parece-te bem?

(um ano depois do casamento)
Quando ele abre a porta de casa, vai ter com ela à cozinha.
- Boa noite...
- Vieste tarde outra vez...
Ela coloca roupa na máquina e resmunga entre dentes.
Ele não lhe dá um beijo. Ela tambem não.
Atarefada dentro de um fato de treino, entre roupas a estender e a apanhar.
- O que é o jantar?
- Há aí restos do almoço. Arroz com bife. Põe no micro ondas e aquece. Se quiseres. Eu não quero. Quando terminar aqui vou passar a ferro e vou dormir.

(dois anos depois do casamento)
Quando ele abre a porta de casa... a louça amontoada, a casa suja, ele sem umas cuecas limpas para vestir. Nem sombra de jantar.
Ela está de pijama e robe, de pantufas e de rolos na cabeça, sentada no sofá. Pinta as unhas dos pés, como se o mundo lhe caisse em cima e ela pouco se importasse.
- O que é o jantar?
- O cardápio dá-te três escolhas do chefe: desenrasca-te; faz tu ou vai comer á tua mãe. O que preferes?

(três anos depois do casamento)
- OK, divorciamo-nos. Mas antes de nos separarmos podemos jantar?
- Vai à merda... quem te mata a fome que te dê de comer...

publicado às 18:54


Confessionário

De Rui a 28.10.2006 às 22:24

Gosto mais de finais felizes...

De mulherde30 a 29.10.2006 às 00:47

P/ RUI: e porque n

De bruno a 29.10.2006 às 13:30

lol lol lol lol, adorei....

De Rui a 30.10.2006 às 11:45

Quem sou eu para argumentar contigo? "três anos depois do casamento)
- OK, divorciamo-nos. Mas antes de nos separarmos podemos jantar?
- Vai à merda... quem te mata a fome que te dê de comer..."
Quando um casal chega ao ponto em que perde o respeito totalmente um pelo outro não me parece viável que a relação termine propriamente numa amizade, numa coisa agradavel. Na minha humilde opinião o melhor seria nunca deixar baixar demasiado o "nível" entre o casal, para que quando a relação tiver de terminar, se assim tiver de ser, ao menos que seja de uma forma civilizada e adulta, de modo a permitir que duas pessoas que em tempos já se amaram, pelo menos sejam amigos.
"Digo eu que nada sei" (Cito; Mulher de 30)
Está melhor assim?

De mulherde30 a 30.10.2006 às 21:31

P/ BRUNO: heheheeheh...mas quando te toca a ti já não gostas tanto, pois não? As minhas relações tambem são assim... a diferença é que em vez de 3 anos, são 3 dias! heeheheheheh(ainda continuo com um humor estranho, ai o que vais ter que aturar!) heheeheh....b'jinhos

De mulherde30 a 30.10.2006 às 21:34

P/ RUI: quem és tu??? bem, se não sabes, tambem não vou ser eu a dizer-te (toma lá...eu tambem me sei vingar, olha o riso de bruxa: ha ha ha) Isto é claro o que mais acontece, perder-se o respeito. mas a história é mais para se pensar no porquê. O que leva duas pessoas a mudarem tanto. O que dantes era tudo, vira nada....e sim, está muito melhor assim, sr Rui...eheheheheh....b'jinhos

De bmal a 30.10.2006 às 22:21

O melhor é nem dar palpites!!!Em três anos, nem fabricaram um herdeiro?!

De ernesto a 31.10.2006 às 12:05

De Rui a 01.11.2006 às 10:37

"Point taken!" Ganhaste, ou como se diz cá por cima: "leva lá a bicicleta, mas deixa cá as rodas". LOL. Tens um sentido de humor delicioso. Fazes-me muito bem.
Posso não saber muito bem quem sou, mas sei o que não sou. Levas-me a pensar, infelizmente não sei responder-te ao que leva duas pessoas a mudarem tanto, tenho várias teorias, mas não passam disso mesmo, teorias. Quanto ás formalidades, não vejo necessidade de me tratares por Sr. Rui, podes tratar-me apenas por Sr. Afinal eu sou um gajo simples. LOL

De sofia a 15.11.2006 às 17:01

Tradicional demais... pelo menos no meu caso:eu pouco cozinho, ele idem. Temos empregada uma vez por semana, que chega para as limpezas que nem eu nem ele nunca fazemos (WC´s, aspirar, pó, etc). Apenas (e já é mto.) pomos a máquina a lavar, vamos ao supermercado e pouco mais. Se ele chega tarde, o que é raro, não me importo, até pq. eu ás vezes tb. o faço. E não tivemos um ano de recém-casados, pq. moramos juntos um ano e namoramos vários anos (c/ altos e baixos). A tradição já não é o que era.
Sofia, Porto.

Diz lá


Pág. 1/2



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D