Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Eu!? Mulher!?? Não! Aprendiz....

Confessado por Mulherde30, em 07.11.05

rockwell_girlatmirror_640.jpg

Por muito que a ideia não me agrade nada nadinha, tenho que aceitar que devo ter um problema e não deve ser tão pequeno quanto isso.
Penso tanto sem nunca chegar a nenhuma conclusão. Mas tenho umas quantas suspeitas...
É que tenho horas que me sinto o patinho feio...a maior tansa entre todas as coisas que mexem...


Saio à noite com as amigas, elas, com aquele olhar felino, com olhos inquietos à procura de uma presa com as poses sensuais e decotes com mamas que se vêm lá dentro (não são como estas micro mini mamas que eu tenho) e dizem-me:
- Olha Raquel, aquele é todo giro, está a olhar para ti....
- Não, deve estar distraido.
É que para mim, nunca ninguem me olha, nunca ninguem me vê...e se vê, é suspeito!
E elas lá na caça. Por vezes entro na brincadeira, mas só mesmo por brincadeira. Elas entram e dizem logo quem está, onde está com quem está e eu, sempre absorta.
- Viste o A B C?
- não....
Eu nunca vejo. E quando vejo são sempre os pormenores. Ou seja, aquilo que elas não vêm...analiso os comportamentos, rio-me de certas coisas que vejo...e fico feliz se der à primeira com a casa de banho das mulheres....
Tenho a sensação que devia ser loura, de tão distraida, mas pelo menos Deus livrou-me desse desgosto. Pelo menos isso!
E depois se cruzo o olhar com alguem, esta timidez não me permite manter mais que 2 segundos....não vá ele entender isso como um convite, ou tenha poderes mágicos para ver o que penso. E como se não bastasse, desvio sempre os olhos para a pila... ainda me enterro mais de vergonha... que merda.

E claro, o mau feitio não ajuda muito...
Chegam-se a mim e oferecem-me a capirinha que eu não bebo, que dou às amigas e ele com cara de frustrado. Desculpa lá.... mas é que nem para te fazer o jeito bebo o que não quero.
E eles a tentarem, mas que fazer? Não me despertam aquela parte trancada, o desejo de conhecer, de saber mais, como que a dizer: hey libido, aqui estou eu!...
Es muito bonita. Pois sim, a bebida danifica os nervos ópticos...deforma a visão!
Bebe, bebe.... e verás com quem acordas!
Posso conhecer-te?
Ah, não te dês ao trabalho, ias desistir de qualquer maneira...é que nem eu me conheço.

Mas tenho dias em que me esforço, até que elas se lembram que eu ando ali (ou seja no momento em que vem a tal louraça que lhes leva a presa) e me descobrem, sentada, já com os olhos esbugalhados e cara de incrédula a ouvi-los falar que são uns coitadinhos, que ninguem lhes liga, que só queriam encontrar alguem....blá blá blá. Conversas do costume.
E não entendo bem como os homens dizem que evitam dizer a palavra "amo-te". É que eles dizem isso aos amigos, amigas, namoradas, conhecidas e afins...mas será que alguem acredita? Ah que tal, custa dizer isso, que tal, não consigo dizê-lo, que tal....Foda-se, pá...vocês, bêbedos é o que mais dizem! Só que não se lembram! Digo eu....
É que, sejamos sinceros, dizem mais depressa amo-te que o nome...o que acontece é que deve ser uma palavra nada sentida. Por aí, sim, já acredito....


E lá vêm elas salvarem-me.

E diga-se que sempre me saem as figuras mais tristres que existem no sitio. Um amigo diz-me que é porque esses já nada têm a perder, os outros, são cagões, com medo de ouvir algo que não seja: claro, querido, vamos para tua casa...nem se atrevem a chegar perto. É o medo, diz ele. Eu não acredito muito, acho que é só mesmo para eu não pensar tanto qual será afinal o meu problema. Mas finjo que acredito porque os homens gostam sempre que as mulheres acreditem nas suas mentirinhas....


A verdade verdadeira, é que as coisas mais lindas que ouvi foram de homens com estilo gregoriano (leia-se homens que quase dão no vómito. Vómito, gregório. Gregório, estilo gregoriano).


Se bem me lembro, todos os meus amores entraram de rompante na minha vida. Não foram conhecidos em bares nem nas moitas. Como se a vida os tivesse empurrado para mim.

Mas tenho que aprender a ser mulher, que isto assim não dá com nada. E convém que me despache...é que aos trinta já cheguei.


Vou com elas às compras até que já não aguento mais e lá me sento, à espera que vejam todas as lojas, todas as peças, experimentem todos os modelitos, se metam com os gajos...e por aí fora. Eu lá me vou entretando a espreitar os brincos e os colares. É que não tenho paciência para estar ali num cubiculo a despir-me para experimentar um retalho de pano.
E depois elas sempre vêm que fulana está mais gorda/magra. E eu vejo-as sempre na mesma. Elas dão conta se a roupa é nova e eu acho-as sempre bonitas porque são minhas amigas. Acredito até que se alguma se chegasse nua ao pé de mim, era bem capaz de lhe dizer:
- olha que és capaz de ter frio....

Puxa.... que merda. pareço uma menina de 1.74m com pintelhos que usa fio dental, meias de ligas e saltos altos. Ou uma menina de ténis e peúgas com bonecas, cuecas amarelas, azuis, verdes, cor de rosa....
Custa-me a soltar a leoa, a fera, a deixar evaporar a sensualidade em frente a tantos.

Patinha feia! Sim, tu, Raquel!!!!

É que olho para as outras, as que vejo como mulheres, e poucos traços lhes vejo idênticos aos meus.

Pronto, sou distraída....mas será isso um problema assim tãããããoo grande?
Acho que sim.
Isto para não pensar em todos os outros defeitos ou feitios que devem dar para preencher um rolo de papel higiénico....


Quer dizer que estou mesmo fod***...

publicado às 19:30


Confessionário

De karina oliveira a 07.11.2005 às 20:20

Eu faço 26 anos este final do mês mas acredita q sinto exactamente o mesmo q tu. Nem o facto de ter saído de armas e bagagens pa minha casa me faz mudar. Quem me dera continuar a usar totós e fingir que os principes e as princesas existem, enquanto acreditavamos nisso sonhavamos e eramos realmente feliz. E posso dizer que só quando me deito a pensar no que gostaria de ter e ser para ser feliz é que realmente me vejo realizada. Quando digo ter nao sao coisas materiais porq essas até tenho, mas não são essas q me enchem a alma e me dão um sorriso.
Gostava de poder adormecer e acordar com o meu principe, isso sim.
Sem amor, nada vale a pena.

De bruno a 07.11.2005 às 20:21

"Que adianta nós sermos GATAS, se amamos esses CACHORROS e eles preferem as Galinhas (Pitas)!" disse-me uma amiga minha ontem.
Não acho que assim seja, pois a mulher com acima dos 27 dispoem de algo que antes não tem, charme....não sei descrever.
Acredito que tu Raquel vais conseguir, muito mais breve do que pensas..... Beijinhus
Bruno

De amas_me a 07.11.2005 às 21:26

Ola! Apenas te digo uma frase que uma vez me disseram e que nunca mais esqueci: "esteja a maçã na macieira, não cai nem apodreça, que vira quem a mereça" Foi com este lema que vivi os meus dias de solidao e angustia. Hoje digo-te sou muito feliz e desejo que um dia tambem o sejas. Boa semana

De bcool a 07.11.2005 às 22:59

xiii ... o que para aí vai ... bola para cima e vamos para a frente que atrás vem gente ... já vi que hoje é mais um dia de expurgar fantasmas ... Não te preocupes, porque se não gostam do que aí há, problema deles, pois não sabem o que perdem ... Beijinhos

De rui a 08.11.2005 às 02:08

De Milocas a 08.11.2005 às 05:10

Ah Rakel... ler-te continua a ser uma descoberta :) Sim, vamos conhecendo um pouco de ti, mas também um pouco de nós! :) Um beijinho *

De morgana a 08.11.2005 às 09:45

Há dias assim, em que não gostamos de nós e nem toleramos as pessoas que nos estão mais próximas talvez por estarmos próximas demais. que consigas expulsar de ti esse vazio. beijinhos

De morgana a 08.11.2005 às 09:45

Há dias assim, em que não gostamos de nós e nem toleramos as pessoas que nos estão mais próximas talvez por estarmos próximas demais. que consigas expulsar de ti esse vazio. beijinhos

De morgana a 08.11.2005 às 09:45

Há dias assim, em que não gostamos de nós e nem toleramos as pessoas que nos estão mais próximas talvez por estarmos próximas demais. que consigas expulsar de ti esse vazio. beijinhos

De Maria a 08.11.2005 às 13:04

Raquel, sabes que é aos 40 que a mulher está no seu auge fisico e intelectual? Pois é. Ainda tens muito para palmilhar (eu tenho trinta e uns pózinhos...)!! :) A idade não interessa nada!! Acho que já uma vez fiz aqui referência, num post anterior, conheces a história da Bela e do Monstro. Eu acho que o Monstro é LINDO! Dizem que todos temos uma cara_metade, eu acredito que vou encontrar a minha e tu também encontrarás a tua. Isso será quando tiver de ser, vai sentir-se quando acontecer e só ainda não aconteceu porque quem Te merece ainda não se cruzou contigo (eu pelo menos tento convencer-me disto...também vejo p'rai com cada estrupicio da mão dada com sua cara_metade... bolas...) Qual patinho feio, qual quê!! Isso não existe, ouvis-te? Beijinho*

Diz lá


Pág. 1/12



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D