Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Na praia...

Confessado por Mulherde30, em 20.09.05

330060.jpg


Nestas horas de crepúsculo, quando não é bem de dia nem de noite...quando o sol se despede devagar nesta praia quase deserta...e eu sinto a brisa fria que me arrepia a pele, tenho saudades do Verão...
Fico sentada na esplanada a saborear um gelado e a distrai-me em filmes que a imaginação faz...

Caminho pelo paredão em direcção ao mar, e não resito a olhar para trás e ver o farol, tão imponente. Quantas vezes é o alivio de corações desesperados em alto mar, quantas vezes é a esperança a renascer...como se esta luz fosse tudo o quanto lhes resta para verem de novo quem amam. Porque nas horas em que se sente o fim, só nos recordamos do amor.

Fico quieta, só a ver.
O mar que traz uma onda e outra como se fossem os dias que passam por mim (ou eu por eles), um mar solitário e triste que embala a dor numa areia morta, que lança espuma como se fossem más recordações que quer arrancar de si, que aparenta ser calmo quando lá dentro contém tantos segredos!

E vejo-o assim, num vai e vem....vai e vem....como as lembranças que trago aqui dentro de mim...

E sinto tambem todas as forças recuperadas, uma liberdade, uma paz...

publicado às 23:12


Confessionário

De loureiro a 20.09.2005 às 23:44

O mar dá-me paz quando as ondas são enormes e sinto o cheiro da maresia quando batem nas rochas..que paz na violência!
e com vento e sózinho!
Não partilho,na vida real,esse momento com ninguém...não partilho e não quero.
Existe uma parte da nossa alma que é nossa e só nossa!

De Bruno a 21.09.2005 às 08:35

Olá Raquel
Estou a ver que não é só a mim que a Barra trás recordações!!!
Quanto ao recordar o passado.... por vezes é complicado, deixa-nos tristes e distantes.As lembranças do passado são reflexos de uma vida feliz,reporta reminiscências, mas Por mais que o passado tenha nos deixado marcas, feridas eternas que ninguém, nem mesmo o tempo possa curá-las, temos que aprender a conviver com elas, e a superá-las principalmente.
Beijões

De Bruno a 21.09.2005 às 08:38

Só para uma conclusão O segredo esta em aprender com o passado, e não se condenar a viver nele!
Beijões

De inconfidente a 21.09.2005 às 09:02

O mar tem essa capacidade, em frente a ele tb me sinto nas núvens, porque será?
Beijocas

De Passo a 21.09.2005 às 09:52

:) ha sempre algo q nos faz recordar kem amamos, um momento, uma musica qq coisa serve p nos trazer a sua imagem ... são sempre de paz esses momentos ... beijo

De Hugo a 21.09.2005 às 10:10

Uma esplanada à beira-mar é das melhores coisas existentes à face da Terra. Principalmente no crepúsculo. Beijinhos.

De KARINA OLIVEIRA a 21.09.2005 às 10:15

De amanda a 21.09.2005 às 11:14

A paz... essa... está em ti e espero que muito tempo. Beijo

De Sam a 21.09.2005 às 11:57

Reflexos, de mim, da vida,
bela e sofrida,
pobre e contida,
triste e desigual.
Reflexos, de encontros, de espíritos,
de caras sem feições, sem cores,
só escoriações.
Sem desejos, sem pertencer a ninguém,
sem calor, sem fervor,
sem ninguém a quem amar.
Reflexos, de faces velhas, de faces novas,
sem rugas ou encardidas,
sem beleza ou destruídas,
sem brilho, sem luz própria para as animar.
Reflexos na sombra de uma lágrima,
reflexos no riacho de um fio de sangue,
reflexos nos olhos de uma criança,
reflexos do passado, presente e futuro.
Espero algum dia ver esses...
Espero algum dia possuir esses...
Espero algum dia desaparecer nesses...
O que são esses?...
Reflexos?...

VIDAS

ABRAÇO LIBERTÁRIO!
SAM

De Margarida a 21.09.2005 às 12:57

Aqui estou mais

Diz lá


Pág. 1/4



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D