Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não me apetece...

Confessado por Mulherde30, em 09.07.07

sossego.jpg
Fotografia: ?


Queria sentar-me aqui e dizer-vos o quanto me sinto cansada. Cansada não, aborrecida.
Não me apetece ler, não me apetece escrever, não me apetece andar de bicicleta, não me apetece sair. Melhor dizendo, apetece mas os euros não permitem.

Um dia destes ainda fui até à praia, tentando, inutilmente, colocar-me em pé em cima da prancha de surf. OK, não fui capaz mas sempre fiz alguma coisa pela sociedade. Rir faz bem.
E os musculos dos braços tambem deram ar de graça doendo como o caraças no dia seguinte. Mas não desisti, apenas não voltei a praticar. Digamos que as ondas, atormentam-me um pouco.
Noutro dia de praia, acordei com uma lapa colada aos meus pés. Aos meus e aos da amiga que estava comigo. Ainda por cima uma lapa em inicio de vida. O puto, ainda de borbulhas no rosto, achou por bem estender-se aos nóssos pés. E ninguem me tira da ideia que era por termos as mamas à mostra. OK, voltei a praticar o bem. Não se riu, mas foi embora com ar de deliciado depois que chegou o meu boy.

Por isso, entre um bem e outro que vou fazendo à sociedade, sou inutil o resto do tempo. Ora durmo, ora vejo televisão, ora esfrego tectos, ora lavo roupa, ora imprimo curriculuns, ora compro selos, ora vejo jornais, ora vou a entrevistas meio manhosas.

E é por isso que gostava de vos dizer muitas coisas... mas acho que não me apetece.
Mas a neura passa. E raios me partam se não encontro um trabalho de condições dignas.
Digo eu que nada sei...

publicado às 20:07


Confessionário

De conde a 09.07.2007 às 21:18

A falta de emprego é tramada,o pior é que á muita gente que o tem e não sabe dár o valor.È bom que apareça um emprego para a Rakel ,antes que ela começe a pensar em dar o "salto".Nem para as vendas...não aparece nada de nada?trabalho temporário...nada?.Um beijo

De euzinha a 09.07.2007 às 21:42

Bem acho que é um exagero estares a considerar-te uma inútil para a sociedade!Pelo que acabo de ler até fazes bastante...esfregar tectos é uma arte e não é para qualquer uma!eheheheh Ao menos vais fazendo alguma coisa!Não desesperes pois vais encontrar um emprego decente!Boa sorte b'jinhos

De Lili a 09.07.2007 às 21:58

Olá amiga, sinto encontrá-la com tais pensamentos mas de certa forma eu entendo essa sua insatisfação. Ela as vezes me pega tbm e a ociosidade não ajuda nada, né?
Espero q venham dias melhores e q esse bendito emprego venha logo pra dar um novo animo a sua vida.
Bjocas e muita força

De Anita a 10.07.2007 às 00:01

Se quiseres manda um CV para o meu mail, pq estou na

De Rui a 10.07.2007 às 01:00

Definitivamente acho que estás a passar por uma fase. Isto nem parece teu, desde que acompanho o teu blog que passo o tempo todo a gabar-te essa tua generosidade de partilhar o que de melhor há em ti, esse talento, essa maravilha que Deus te deu, …o dom da palavra (Juro que não estou a pensar no topless).
Compreendo o que estás a passar, eu também já andei á procura de emprego, mas acho que não nos devemos menosprezar, muito pelo contrário, acho que agora é a altura de mostrar o que vales … (continuo sem pensar no topless).
Acho mesmo que tens potencial, por isso…pensa positivo e acredita em ti.
Entretanto…em jeito de sugestão, escrever pode funcionar como auto terapia, tal como tu sabes e assim sempre nos brindavas aqui com o ar da tua graça… ilustrando aqui e alí os teus textos com as fotos a teu gosto (Qualquer sugestão ao topless é pura coincidência).
Beijinhos deste amigo do peito;

De Eddy a 10.07.2007 às 01:55

Por todos os deuses do Olimpo, Rakel!!! Primeiro, não gostei nada que te comparasses ao elefante. Nem pela memória, bolas.
Depois... porque tenho em mim uma imagem de ti e quero preservá-la. És inatingível, etérea, bela e suave. O meu sonho. E eu agarro-me a sonhos.
Não quereria ver-te assim, deprimida. Passaste momentos de angústia, aqui há uns tempos, lembras?. Afinal, estás aqui, "inteirinha" (nem podia ser de outra forma, porque um sonho não se amputa)
Agora é uma hora má, uma nuvem escura que cobre a luz de um luar suave. Que há-de voltar a cobrir-te de leite, luz e amor... felicidade!
Trata de ti. Ri-te e lembra-te que és uma coisa boa que existe.
Beijinhos.

De rip a 10.07.2007 às 09:13

...obrigado pelos seus textos,...e derivações,..já havia comentado que na nossa empresa na Algarve e com escritorios de Lagos a Tavira temos falta de pessoas assim,...e sempre é praia e bom tempo e pessoas parvas mas mais em julho e agosto,...depois volta o bom que isto tem,...temos várias áreas de negocio desde o imobiliário a promoção ao marketing, seguros etc etc,....é um desafio... beijos

De nene a 10.07.2007 às 13:36

Boazona, As fases más da vida também passam, e tu até mereces um virar de página grande. Dentro do meu alcance farei tudo o que poder, o resto vais ser tu. Um grande beijo para ti.

De tania a 10.07.2007 às 15:10

Ai ai ai ai, como assim, desanimar? De jeito nenhum. "Não podemos impedir que pássaros da desgraça sobrevoem nossa cabeça, mas podemos impedir que façam ninhos em nossos cabelos." Muita força!!

De Just me a 10.07.2007 às 19:10

Olá rakel!!

Não ter trabalho deve ser uma enorme chatice! Não deves deseparar, porque tenho a certeza que brevemente vais encontrar algo do teu agrado, porque no pouco leio sobre ti, veijo que tens muito talento. Mas tambem te digo uma coisa...trabalho não falta por aí, não estamos numa fase de se fazer apenas aquilo que se gosta. Eu no meu caso até nem gosto muito daqulio k faço..mas dá para ter uma razoavel qualidade de vida... pra mim é o k interessa.

Diz lá


Pág. 1/3



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D