Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Os homens sofrem?

Confessado por Mulherde30, em 09.09.05

240966.jpg


Sim...sofrem. Eu sei...
Os homens tambem sofrem. Alguns.
A duvida é muito maior do que aparenta. Como sofrem os homens?
Como exteriorizam a sua dor? Será uma dor de igual medida?

Era tão simples se pudessemos entrar nos outros, perceber-lhes os recantos que escondem do mundo, aqueles pedaços que guardam só para si... aqueles que não nos é permitido descodificar.

Há homens que dizem que sofrem. Dizem...
Aparentemente fazem sofrer sem nunca olharem para trás, surgem com um ar imponente como se isso lhes valesse o perdão do mundo.
Faz-me confusão perceber como certas atitudes não lhes pesam nem um pouco quando se olham ao espelho ou quando adormecem... (talvez porque não adormecem sozinhos, o que não lhes dá muito tempo para pensarem nas merdas que andam a fazer...)

Será que não olham para mais ninguem alem de si mesmos? Que nada mais lhes importa que aquilo que eles desejam?

E os outros? Sim, os outros...aqueles que têm sentimentos. Aqueles que sofrem por algo que nem nunca terão oportunidade de perceber...por relações que morrem à nascença sem uma explicação, sem uma palavra, apenas com uma distância fria, com ausência de palavras, de tudo. E os outros? Aqueles que deixaram crescer um sentimento só porque cometeram o erro de acreditar... aqueles, os outros, que lhes deram o carinho, carinho que agora lhes faz falta.

Olho ao redor e cada vez mais me dizem que para sobreviver ao meio temos que nos adaptar. E adaptar significa o quê? Pergunto eu.
Adaptar significa ser fria em igual medida, indiferente aos sentimentos que outros possam ter por mim, egoista ao ponto de simplesmente não querer saber, de pouco me importar que sofram...de simplesmente desaparecer? Fugir, quase sempre é o mais fácil...é isso que devo fazer?
Não creio. Sou daquelas que paga para ver...mesmo sabendo que o que vai ver a fará sofrer. Sou desse tipo, teimosa e com mau feitio. Mas preciso ver. Por isso as atitudes dizem muito mais que palavras e que olhares....e que todas essas tretas que eles ensaiam antes de sair de casa.

Incomodam-me estas atitudes... assisto desde o incio ao começo de relações que surgem ao meu redor. Ou melhor, assisto ao fim...porque afinal, nada era assim, afinal a atenção, o carinho, o sentimento, não era bem atenção, nem carinho...muito menos sentimento.

Afinal foi apenas um que sentiu...que arriscou por um despertar de emoções. Mas afinal, no final, era nada. Afinal o outro não estava lá.
Só mais um troféu. Talvez porque aquele homem era carente, sem um amor que tanto ansiava. Não esquecendo que era fiel, sensivel...e claro, acima de tudo, detestava mentiras e era muito sincero. Estes homens que dizem que sofrem...que falam de coisas grandes demais, logo eles, que são tão pequeninos...
Homens que nem por um instante têm tomates para ficar, chocar com as coisas de frente, dizer como elas são. Para pelo menos, os outros, os reconhecerem pela sinceridade. Mas não, nem isso.
Onde há os homens coragem? Aqueles que acredito que possam sofrer?


Os homens sofrem?

E nasce uma história, estranha. Em que tudo podia ter sido e nada foi...

E o que resta? Lágrimas.
A facilidade com que se gosta tanto de alguem... hoje. Amanhã já será outra qualquer. Mas a conversa será sempre igual...
Bom era que, como nos livros e nos filmes, pudessemos assistir aos dois lados... mas mesmo os homens que vou conhecendo, não os vejo sofrer assim.
Raios partam os homens que dizem que sofrem.


Mas a verdade verdadeira é que se teimar a encontrar um homem que seja realmente sincero, acabo sozinha. E as probabilidades de me cruzar com ele começam a ser a cada dia menores...
Todos dizem que esse homem existe (os homens quando estão a falar de si mesmos), mas para mim, são como gambuzinos: eu cá nunca vi nenhum.

Como confissão: os amores de Verão estão a terminar. Agora, que o Outono está quase aí, preciso emprestar o ombro às amigas que soluçam baixinho, que com uma lagrimita que teima em cair, me dizem num sorriso forçado: não te preocupes miga, eu estou bem.
Não sei se os homens sofrem, não sei como sofrem... mas tenho pena daqueles que sentem prazer em fazer sofrer.
É que agora, que tudo terminou excepto a dor, aquela dor que fará ter em cada relação que possa nascer muito mais medo de apostar, percebe-se muitas coisas que antes não faziam sentido. O tempo, mesmo que ainda curto, prova que desde o inicio fomos marionetas. Só há um problema: é que todas as respostas que o tempo traz, chegam tarde demais...já nada se pode mudar.

publicado às 01:36


Confessionário

De bcool a 09.09.2005 às 03:32

Novamente o primeiro, eheheh ...
Ó maria albertina, porque foste nessa de chamares vanessa à tua menina ? Eheheh ...
Será que devemos seguir o que os outros dizes ou fazem, ou devemos pensar por nós ?
Será que só as mulheres são sinceras e sofredoras ? Eheheh ...
Será que as mulheres querem ouvir a verdade desde o ínicio ?
Eu sei que dizem que querem, mas normalmente correm logo com os que dizem e escolhem sempre os tangosos, por isso mais do que não existirem homens sinceros, acima de tudo o problema é que as mulheres gostam de ser iludidas e de ouvir a canção do bandido, odeiam a canção do ernesto e as verdades nem sempre são muito agradáveis ...
Escolham melhor e terão menos dissabores ...
Beijinhos raquelácida, eheheh

De Bruno a 09.09.2005 às 08:20

Bem, eu sou um daqueles que sofre e sou muito do tipo " Relembrar os momentos passados" Ainda hoje acordei ( Sózinho ) a ouvir Sade - By your side, quando dei por mim estava-me a recordar um amor antigo com a lagrima no olho. Acordei um a pensar "Que as despedidas deixaram as marcas que o tempo não fez esquecer, mas que sarou." Estes dias deixam-me assim Nostalgico. Beijoka Bruno

De karina oliveira a 09.09.2005 às 09:45

EU já vi um homem chorar e sofrer e até o deixei chorar no meu ombro, limpei-lhe as lagrimas e pedi-lhe que ficasse.
Sei que sofreu, mas tb sei que o sofrimento masculino dura instantes porq nem eles assumem que sofrem. Olha eu falo por mim, quando ando menos bem parece q esse sentimento teima em não me abandonar. Enfim.... Um beijo grande e espero que as tuas amigas melhorem (eu nesse campo continuo bem - graças a Deus e a mim tb)

De paulo a 09.09.2005 às 11:52

Sofrem sim. Os sérios. E olha, "que las hay, hay".
Basta ter uns míseros "dois dedos" de coração para sofrer. O problema é o mesmo de sempre. Guardam as tristezas e nem sequer querem saber o porque de estarem a sofrer. Sofrem e pronto. Isto dava pano para mangas, para ficar com os dedos duridos de tanto bater nas teclas.
Sabes que mais, vou molhar os pés à "Vagueira".

De (Phi)lipe a 09.09.2005 às 15:35

Te garanto que sofrem...confesso q já cometi os meus erros...mas tou cá para os assumir...para dar a cara...para o bem e para o mal...problema é q, nos dias q correm...as pessoas...repito...as pessoas, homens e mulheres, são cada vez mais desonestos, primeiro, com eles próprios e depois, com os outros...por isso, há tanta e tanta relação que nao passa do "nada"...bjs

De Margarida a 09.09.2005 às 20:12

Agora gostei, agora és a Rakel que eu gosto de ler. Quanto ao sofrimento dos homens,lamento discordar, mas sofrem... igual que um cão...um gato... que uma mulher... somos todos seres vivos querida, confesso que alguns mais vivos do que outros, o que eles têm bem diferente dos restantes, é um raio de um sistema hormonal bem filho da puta,mas isso são outros quinhentos, embora normalmente só se lembrem da nossa T P M, os gajos também a teem, só que a maioria, não sabe... Beijão, Fica Bem

De Bite For Delight a 09.09.2005 às 20:14

Boa pergunta querida Rakel, os homens sofrem..pergunto-me a mim mesma isso mesmo,será q sofrem ou gostam mais de fazer sofrer??!!Ao contrario de nós mulheres q sofremos e n temos qq problema em admitir q sofremos, os homens têm na mania q n sofrem..mas no fundo (bem la no fundo, lol) acredito q eles ate sofrem,so q n têm a coragem q nós mulheres temos para admiti-lo e com isso acabam por nos fazer sofrer!
Por algum motivo nos é q ficamos com o dom da maternidade por termos a capacidade de admitir aquilo q sentimos, pq sofremos e admitimos q sofremos, pq rimos e admitimos q rimos,pq estamos tristes e admitimos q estamos tristes, enquanto q o homem so consegue basicamente admitir q está sempre tudo bem!!
bjs bjs

De Anjinho a 10.09.2005 às 01:39

Claro que os homens também sofrem! O facto de sermos chamados o sexo forte, por vezes e há maior parte das pessoas faz com que estes tenham medo de mostrar que também têm sentimentos e sensibilidade!
Eu não tenho medo de mostrar a minha outra parte, até porque isso não faz de mim um homem diferente, posi não?

De kapa a 10.09.2005 às 01:52

Os Homens Sofrem pelas mulheres, e as mulheres
sofrem com homens que tem outras mulheres.
Beijinhos
Continuaçao....

De Otario a 10.09.2005 às 05:56

os homens tb sofrem...das costas ,do reumatico e da falta de sexo....cm podes ver somos pessoas e não apenas blocos de cimento cobertos de terbentina...mas esquece lá isso,o q eu quero falar é do tempero das saladas,meto-lhe o salzinho,um fiozinho de azeite s´para javardar e o vinagre apra espicaçar.A minha atitude a manufacturar este batido de legumes é de uma confiança q a té dói.Já pensei em fazer disto a minha tese de mestrado.Penso nisso durante várias alturas do dia,especialmente à noite qdo durmo...costumo intervalar c uma sandes de queijo.A situação aqui não é o q tu queres mas sim o q podes fazer c o tempo q te é concedido.Podes aproveitar para dar largas à libertinagem ou então fazer uma lavagem enquanto fazem fazes uma triagem do momento em viagem.Esta linha é como é recta só q partida pela metade é um segmento de recta.Se lhe fizeres curvas é uma circunferencia e se lhe acrescentares meio kilo de cerebro~é uma mulher.Podes saber saber mais sobre as mulheres assistindo ao discovery channel,tem lá uns documentários de chorar por mais,e não digo rir pq isso magoa os maxilares.A mim dizem q me excedo mas eu penso,q todavia contudo,mormente presente,sandes de presunto,e a vida é uma fatia.Aqui te deixo com a minha contribuição de um relato de um ponto de vista assegurado pensado na multidiversidade planetária nefasta das catacumbas do eu em contrapartida das vivissitudes interpretadas pela generalidade comtemplativa dos energumenos palhaços q divergem da escola Taoísta e q se assumem como eunucos na flôr da idade.Pensarás tu q beleza estará na crição,mas enganas-te...está na tvi,às sextas à noite,onde pude ver algo q me assombrou os neurónios,do ponto de vista electroquimico neuronal convalescente da sensações conspiratatórias de um mundo q de só meu passou para um homem a comer gomas de morango c formas de golfinho e a pensar se de facto um dos apóstolos retratados na ultima ceia por Leonardo Da vinci era de facto uma mulher.São questões como estas q elevam os nossos espiritos a combater activamente os nossos medos e fobias c um actimel c bifidos activos na tentativa falha de poder enumerar totalmente um episódio de vida como se de um jogo de ténis do us open se tratasse,o bem e o mal,o ying e o yang,o james blake e andre agassi,a mousse de chocolate e a baba de camelo.Pensa nisto dado q apenas c pensamento e introspeção poderás algum dia verificar q no fim se encontra o principio e no principio filhozes,se bem q eu gosto mais de fatias douradas.Este ano portei-me bem e sei q vou ser recompensado.C este discurso amigo e de reflexão te deixo.Um gran de abraço,um jinho e truca e truca para ficares quentinha,pois isto já está um bocadinho feskinho.Leva um agasalho e chega a casa antes da meia noite.

Diz lá


Pág. 1/4



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D