Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quando...

Confessado por Mulherde30, em 15.08.06

sascha2.jpg
Fotografia: Sascha


"Quando já nada é intacto
Quando tudo na vida vem em pedaços
E por dentro me rebenta um mar
Quando a cidade alucina
Num luar de néon e de neblina
E me esqueço de sonhar

Quando há qualquer coisa que sufoca
E os dias são iguais a outros dias
E por dentro o tempo é tão voraz
Quando de repente num segundo
Qualquer coisa me vira do avesso
E desfaz cada certeza do meu mundo
Quando o sopro de uma jura
Faz balançar os dias
Quando os sonhos contaminam
Os medos e os cansaços
Quando ainda me desarma
A tua companhia
E tudo o que a vida faz

Em mim

Quando o dia recomeça
E a noite ainda te prende nos seus braços
E por dentro te rebenta um mar
Quando a cidade te esconde
E o silêncio é o fundo das palavras
Que te esqueces de gritar..."
Mafalda Veiga


Quando olhamos para dentro de nós...
A frio, sem medos
sem querer esconder segredos...
Quando avaliamos o que a vida fez connosco...
Quando sentimos o quanto ainda nos falta fazer
E o tempo tão fugaz, nos faz ver
que nos esquecemos de viver...

publicado às 13:10


Confessionário

De karina oliveira a 16.08.2006 às 10:04

Já te tinha dito que temos isso em comum... Mafalda Veiga...
Muitas musicas dela são a banda sonora da minha vida...
"hoje parece bastar... um pouco de céu"
"nao quero levar o que dei... talvez nem sequer o que é meu".

Hoje estou assim... do pior.

Grande beijo

De libertynus a 17.08.2006 às 12:07

sabes sou um tipo alegre que se recusa a escrever sobre as tristezas..essas j

De waterfall a 17.08.2006 às 12:19

Mesmo depois das f

De olga a 17.08.2006 às 15:57

k bom ver k continua a escrever!!!Cº diz Fernando Pessoa, temos q coleccionar pedras do nosso caminho e ...quem sabe um dia construiremos um castelo...Mas Há que VIVER, com alegria, pois nas coisas +simples encontramos tanto encanto!!!!Como é Magnifico o Por de Sol nesta altura do no...humhum...Bjufas, olga

De Harmonia a 18.08.2006 às 02:04

Para conquistar as tormentas
seria capaz de muito
até de sofrer.
Mas para me perder no vento dos teus lábios
que faria eu, senhor!

Cruzar oceanos, caminhar montes e vales
derrubar as árvores mais fortes.
Tudo seria pouco.
Qualquer proeza é mesquinha
face à luz que ferve nos teus olhos.

Meu deus, faz-me uma montanha tão alta
que lhe alcance o coração

De KRIS a 18.08.2006 às 10:37

Olá! Vejo aqui com alguma assiduidade muito embora nem sempre deixe comentário..se é que alguma vez o fiz..por falta de tempo. Tenho o péssimo hábito de visitar..ler..e depois não digo nada. Mas hoje não podia deixar de comentar, não propriamente o post mas sim informar que caso não saibas o teu blog é referenciado na revista Happy Woman de Agosto num artigo que fala sobre as mulheres de 30 anos. Beijos e continua com os relatos maravilhosos que aqui deixas.

De baixinho a 18.08.2006 às 12:50

Aconselhado por quem vive intensamente descobri mais uma pessoa que habita o mesmo mundo que eu! as tuas linhas est

De grey a 18.08.2006 às 17:30

gostei...

De grey a 18.08.2006 às 17:30

gostei...

De grey a 18.08.2006 às 17:30

gostei...

Diz lá


Pág. 1/3



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D