Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



QUANDO A VONTADE SE TORNA EM DESEJO E O DESEJO SE TRANSFORMA EM PRAZER

Confessado por Mulherde30, em 25.10.04


HÁ SEMPRE DESEJOS QUE NÃO DEVEMOS TER, QUE NÃO PODEMOS TER MAS TEMOS...
SINTO-ME A RASGAR CONSCIENTEMENTE O MEU CORAÇÃO AO EXPOR-ME ASSIM, TÃO SEM PUDOR. MAS PRECISO. NA VERDADE FOI NECESSÁRIO ALGUMA CORAGEM, PORQUE AS COISAS GRANDES PRECISAM DE PALAVRAS AINDA MAIORES E TENHO MEDO DE NÃO CONSEGUIR ENCONTRAR AS FRASES CERTAS.
PRECISEI DE ALGUM TEMPO ATÉ QUE A CONSCIENCIA VOLTASSE A MIM, ATÉ SENTIR DE NOVO A REALIDADE. E ESCREVO O QUE SENTI, O QUE OS MEUS OLHOS VIRAM...

ALGURES NO TEMPO CRUZEI A LINHA TÉNUE. AQUELA QUE ME FEZ OLHAR-TE COMO HOMEM E NÃO SÓ COMO AMIGO.
NÃO SEI AO CERTO QUANDO FOI, MAS PENSO ATÉ QUE A CRUZASTE ANTES DE MIM.
A LINHA QUE NOS ERA PROIBIDO TRANSPOR...
AOS POUCOS HAVIA UMA MÃO QUE DESLIZAVA PELAS COSTAS, QUE SE DEMORAVA UM POUCO MAIS. E TU SABIAS. EU NÃO.
UM DIA, DO NADA, DIZES-ME, ASSIM, SEM MAIS NEM MENOS:" ÉS BOA E EU QUERO COMER-TE". TRANSFORMAS O MEU OLHAR E AS NOITES, AS MINHAS NOITES.
O JOGO DE SEMPRE: PROVOCAS E VAIS EMBORA.
EU RESISTO E HÁ UM DIA QUE RESISTO SEM QUERER RESISTIR. MAS SEI AINDA QUE, MESMO NA LOUCURA, NÃO O POSSO FAZER. E NÃO FAÇO.
MAS SABIA: AS HISTÓRIAS MAL ACABADAS TÊM QUE TER UM FIM. UM DIA NÃO CONSEGUIA DIZER" NÃO" QUERENDO DIZER "SIM" E A NOSSA HISTÓRIA JÁ TEVE ESSE FIM. É SOBRE ISSO QUE TE FALO, SOBRE UMA VEZ SEM EXEMPLO, SOBRE ALGO QUE AMBOS VIMOS NASCER E QUE EM CONJUNTO ENTERRÁMOS. É O NOSSO SEGREDO...

EU SOUBE QUE ME IAS TELEFONAR NESSA NOITE E NEM ME PERGUNTES COMO, EU TAMBEM NÃO SEI. MAS ESPEREI. E LIGASTE.
DIZIA A MIM MESMA ENQUANTO ESTAVA NO SITIO ONDE PENSO SOBRE A VIDA, QUE NÃO DAVA PARA AGUENTAR MAIS, QUE SE LIGASSES EU IA. DEPOIS, LOGO SE VIA. SÓ QUERIA QUE DEPOIS QUANDO TE VISSE PUDESSE OLHAR-TE NOS OLHOS SEM TER QUE BAIXAR OS MEUS.E O ANJO DIZIA-ME AO OUVIDO: " É PECADO..." E O DIABO REORQUI: " QUERES NÃO QUERES? VAI... DIZ QUE SIM..." E EU DISSE.E FUI...
HÁ SEPRE DUAS FACES: O CERTO E O ERRADO. O BEM EO MAL. O SOL E A CHUVA. O ESCURO E O CLARO. MAS NEM SEMPRE OS NOSSOS OLHOS VÊM DA MESMA FORMA E EU NUNCA SABEREI COMO OS TEUS OLHOS VIRAM ESTA NOITE. A AMIZADE CONTINUA. A LOUCUA MORREU LÁ.

UMA NOITE COMO OUTRA QUALQUER E VEM A TUA MÃO DE MANSINHO. SUAVE. QUENTE. DIGO NÃO. OUÇO A DISCUSSÃO DENTRO DA MINHA CABEÇA ENTRE O ANJO E O DIABO. E ALGUES NUM ESPAÇO ESCURO, DENTRO DE UM CARRO, NO MEIO DO MATO, DEIXO DE OUVIR O ANJO... E SEI QUE HAVERÁ UM MOMENTO EM QUE NÃO POSSO VOLTAR ATRÁS...

ESTOU TÃO MOLHADA, E TENHO TANTO MEDO. É TEMPO DEMAIS COM UMA PESSOA SÓ, E DEPOIS DELA É TEMPO DEMAIS SOZINHA. UM MEDO QUE ME FAZ SENTIR AS PERNAS BAMBAS. NÃO SEI DO QUE GOSTAS, DE COMO GOSTAS. É ESTRANHO. MAS EU QUERO-TE. HOJE. AGORA.
TOCO-TE COM AS PONTAS DOS DEDOS. QUERO FIXAR EM MIM OS TEUS PORMENORES. FECHO OS OLHOS. SINTO A PELE SUAVE DO TEU CORPO, OS TEUS CABELOS, A BARBA FEITA, O TEU PERFUME...TOCO E MEMORIZO TODOS ESSES RECANTOS TEUS. AMANHÃ QUERO RECORDAR.
AS TUAS MÃOS DESLIZAM POR MIM E NÃO QUERO QUE PAREM.

ESTÁS MEIO DESPIDO. EU TAMBEM. LEVANTAS A MINHA CAMISOLA E SUGAS-ME OS PEITOS, O SEXO, COM ÂNSIA, COM URGÊNCIA...MEU DEUS...
A TUA BOCA, TÃO QUENTE
AS TUAS MÃOS, TÃO MÁGICAS
EU SINTO-TE EXCITADO, TU SABES QUE ESTOU PORQUE TAMBEM ME SENTES
SENTO-ME AO TEU COLO. E SINTO-TE AOS POUCOS EM MIM A INVADIRES AQUILO QUE SOU. OS MEUS MEDOS DE NOVO: E SE NÃO GOSTAS DO QUE SOU? DE COMO SOU? DE COMO FAÇO?
NUM ESPAÇO APERTADO, OS CORPOS COLADOS, SUADOS...
O CORAÇÃO BATE ACELERADO, A MEMÓRIA DO PECADO DESFAZ-SE. JÁ NÃO SEI, JÁ NÃO LEMBRO.
NÃO SEI ONDE ESTOU, ONDE COMEÇO, ONDE ACABAS... SÓ QUERO CONTINUAR ASSIM, DESTE JEITO LOUCO DE NOS LIBERTARMOS DE TESÃO CONTIDO. SEM AMOR, SEM PAIXÃO, SÓ TESÃO
OS ORGASMOS VÊM, INTENSOS. GEMIDOS OFEGANTES, VONTADE DE NÃO SE PARAR, DE AS HORAS DA NOITE NÃO GALOPAREM.
QUERO TANTO TER-TE NA MINHA BOCA, LAMBER-TE, CHUPAR-TE. JÁ NEM ME RECORDO BEM DE COMO SE FAZ, MAS ARRISCO.
TU VOLTAS PARA MIM, PARA DENTRO DE MIM.DIGO-TE NA LOUCURA:
- FODE-ME
E É BOM, É TÃO BOM. MAIS QUE ISSO: TU ÉS BOM, SABES COMO ENLOUQUECER, COMO FAZER...

HÁ UM INSTANTE, NUM ORGASMO QUE TE OLHO E VEJO O TEU OLHAR TÃO INTENSO COMO QUE SE ATÉ A MINHA ALMA ESTIVESSE ALI, PERANTE TI, NUA
JÁ NÃO ME RECORDAVA COMO ERA O PRAZER EXPLICITO. OS ORGASMOS. NÃO SABIA QUE PODIA LIBERTAR-ME ASSIM DE TANTOS RECEIOS E SER EU, SEM FINGIMENTOS.
TU. FOSTE TU. POR TUDO O QUE SEMPRE FOSTE COMO AMIGO E O QUE FOSTE HOJE COMO AMANTE.

EXPUS-ME PERANTE TI E EXPONHO-ME AGORA COMO NUNCA, POR MAIS DIFICIL QUE TE SEJA ACREDITARES. E SE UM DIA LERES ISTO SABERÁS QUE É DE TI QUE FALO.PERDOA-ME. CERTAS COISAS DESCREVEM-SE MELHOR ASSIM, SEM O OLHAR COLOCADO EM NÓS. EU PRECISAVA LIBERTAR-ME DOS PENSAMENTOS QUE NÃO PODEM SER DITOS PARA QUE TODA A HISTÓRIA SEJA MAIS FÁCIL ESQUECER.
EU SEI QUE POR MUITO TEMPO VOU VIVÊ-LA AO PORMENOR E QUE NÃO ESQUECEREI, MAS DEIXEI-A SAIR DE MIM, PARA NÃO SENTIR QUE A APRISIONAVA, OU QUE ELA ME SOFOCAVA.
E FICO ASSIM COM UM SORRISO DE TONTINHA NO ROSTO AINDA QUENTE, O SORRISO DE QUEM COMPREENDEU FINALMENTE QUE O SEXO É ISTO, NÃO NOS PRENDE, NÃO TEM AMARRAS E EU TENHO PERDIDO TANTO TEMPO...OBRIGADA POR ME AJUDARES A DESCOBRIR MAIS OUTRA COISA EM MIM, NO EMARANHADO DE CONFUSÕES QUE SOU.


LOUCURA TOTAL. MAS O PIOR É QUE NÃO SINTO CULPA. O PECADO É TÃO FÁCIL...

SÓ POSSO RESUMIR TUDO O QUE FOSTE NESSA NOITE EM DUAS PALAVRAS: 5*****

publicado às 01:17


Confessionário

De AZULINHO a 27.10.2004 às 09:29

BEM...ADORAVA SER ESSE RAPAZ .-)

De Oceano a 06.06.2007 às 00:23

Poxa, que delicia foi ler este texto. Gostei tb de ver o rapaz (azulinho) marcando presen

Diz lá



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D