Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Querido Pai Natal...

Confessado por Mulherde30, em 19.12.06

analice_nicolau.jpg


Para: Pai Natal
Cabana 1ª e única
Travessa da neve
Rua gelada
2412-2006 Lapónia
Pólo Norte

Nicolau:

Espero que nem te importes que te trate assim… mas é só para não te chamar paneleiro. Desculpa, mas esse fatinho vermelho, com botas pretas, e luvinhas brancas, não há outro nome que me venha à memória alem desse. Ficamos portanto por Nicolau. Parece-te bem?

Até a tua rena Rodolfo sabe que nós temos uma relação difícil. Eu sei que tenho mau feitio, mas tu com esse vício de enganares as criancinhas, não sei não. És suspeito, pronto… começas a aliciá-las com presentes e em menos de nada já as estás a sentar no teu colo.
Sim, eu não sei se faria melhor, até porque há umas quantas que apetece sentá-las no colo mas de rabinho virado para a lua e enchê-lo de porrada. Pelo menos nisso admiro-te: na paciência.
Mas apesar disso, quero dizer-te que o que fizeste neste final de semana não foi coisa bonita de se ver… então atreveste-te a tirar a barba em frente a uma criancinha de três anos??? Tu viste bem o estado em que ela ficou? Incrédula, a pobre, de olhos esbugalhados a olhar para ti. Posso até dizer que lhe tiraste metade da inocência (mais tarde virá outro qualquer que vai fazer com que ela perca a outra metade) …

Se pensar bem, até sei porque é que vens todos os anos com o teu ho-ho-ho… é natural. Ninguém se lembra de ti o ano inteiro e depois vens com esse riso cínico de como quem diz: sentiram a minha falta, não foi? Não chorem mais, eu cheguei.
Se fosses pelo menos um daqueles Pai Natal calendário Pirelli mas versão masculina...

E depois em menos de nada lá vais tu no teu trenó voador… chega a ser triste ser-se criança, sabes?

E é uma chatice apareceres todos os anos quando já está mais que visto que já devias pousar as botas. Reformares-te, sabes? Tens que idade? Nem tu deves saber, já que ninguém te conhece pai ou mãe, como podes saber quando nasceste? Talvez venham daí todos os teus traumas.
E convém dizer-te que só por tua causa, gasto um ror de dinheiro. Se fôssemos na cantiga de que o Natal é quando um homem quer, estava eu bem fo****.
Mas claro que tu pouco ou nada queres saber disso… deixaste-te estar aí na tua lareira o ano inteiro, as escravas das renas é que se matam a trabalhar… e tu, que nem menino Jesus, no sofá estendido, no sofá deitado… só assim se pode chegar a esse estado barrigudo a que tu chegaste. Pobre Rodolfo… nem sei como é que ela te aguenta...
Mas adiante…

Quero dizer-te que este ano não te venho pedir nada. Até porque já me provaste que não és capaz de realizar qualquer desejo meu. Não sei se por ser exigente demais ou se tu incompetente.
Mesmo que pedisse, seria algo que tu não irias encontrar, por mais combustível G Force que despejasses no teu trenózinho… é que deves saber tão bem como eu que há por aí muitos gajos, mas eu queria mesmo um Homem todo embrulhadinho e tu, já se sabe, és apenas o Pai Natal, não és o David Copperfield. E mesmo ele, duvido-o capaz de tal magia, tantos são os adereços que tinham que vir na máquina, porque eu não perco tempo com material cheio de defeito… já bastam os meus, que tenho 1.74m deles.


O que te quero dizer é que gozes muito bem este teu último ano de mandato. No próximo ano, quem vai concorrer à presidência sou eu… desde que haja uma cláusula que me permita continuar a viver no meu país e é se me querem ainda viva até ao ano seguinte.
Quando me aplico, sou boa, mas mesmo mesmo boa, naquilo que faço. Vou concorrer às eleições. E mais: vou ganhar… que eu não faço a coisa por menos.

Foi um prazer conhecer-te… sempre me fizeste rir umas quantas vezes. Ahhh e nas mudanças, podes levar a roupa… ela não me serve de qualquer maneira…
Estou tão entusiasmada… podes aproveitar e ir avisando as criancinhas que no próximo ano têm que escrever:
Querida Mãe Natal… vai ser giro, não vai? Quer dizer, se calhar tu não vais achar muita graça, mas é para estares no meu lugar uma vez na vida. E até vais gostar, palavra de gaja.



Vais ver que vou ser uma Mãe Natal à altura desse trono…


E até te digo que se há Mães Natal que valem a pena, eu cá, valho a galinha inteira!


publicado às 00:01


Confessionário

De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 19.12.2006 às 10:58

Ora viva!

Estou a fazer publicidade enganosa e descarada no seu blog mas como já estou naquela fase em que faço tudo o que me apetece e todos me ignoram pois já estão habituados, então cá vai...
Começou a atribuição dos blogjobs do shakermaker.
Por isso, já pode confirmar se foi um dos contemplados com tão desprestigiante galardão.
Atenção: não tome isto como desconsideração. Afinal, isto é apenas uma brincadeira e se não fosse um visitante quase assíduo deste blog não viria aqui de todo.
Já agora, aproveito também para lhe desejar Boas Festas!

Um abraço...
shakermaker

De Rui a 19.12.2006 às 11:05

Elementar meu caro Shakermaker; "...se não fosse um visitante quase assíduo deste blog não viria aqui de todo."LOL.

De ernesto a 19.12.2006 às 13:51

Boazona, com esse teu corpinho, trajada a rigor de Mãe Natal sem esquecer o fio dental vermelhinho com uns guizos na frente e umas folhinhas de azevinho na lateral direita da quequinha... Olha amor acredita que até eu queria ser rena com os maiores cornos que encontrasse. Só pensar em arrancar-te os guizos com os dentes, já me dá arrepios... Um grande beijo nos guizos.

De teixeira a 19.12.2006 às 16:00

seus voyeurs, em vez de aconselharem a menina rakel a portar-se bem para merecer as prendinhas pela chaminá a baixo, ficam todos com a fatiota, façam-se fortes rapaziada, entusiiasmam-se antes do tempo e depois não aguentam até ao fim! BOAS FESTINHAS!

De J. Carlos a 19.12.2006 às 16:17

Querida candidata a Mãe Natal 2007:
como também não vejo, nos presentes que me são dados nesta quadra, o resultado dos meus desejos, venho apoiar a tua candidatura! É isso! Mulheres ao poder! Aproveito para fazer já o meu pedido, não vá alguém pedir primeiro: uma oportunidade. Uma oportunidade para alguém que dá pelo nome de Raquel. É ali dos lados da Peninsula Ibérica, naquele rectângulo quase a cair para o mar. Parece que precisa de uma oportunidade para ser feliz; vê lá o que é que se pode arranjar... eu prometo que te compenso, caso apareças na minha chaminé!

De Rui a 19.12.2006 às 20:46

Concordo plenamente contigo e com o J.C.. Abaixo o Pai Natal! Chega de bichices! Mulheres ao Poder Já! Acredito que vais mesmo ganhar. Votarei em ti, depois não te esqueças cá do rapaz. Se precisares de ajudantes lá na Lapónia conta comigo, desde a minha adolescência que tenho esta fantasia de visitar um qualquer país escandinavo. Sei que este ano não tenho estado ao melhor nível, no entanto, justiça seja feita, também não foi tudo mau.

De mulherde30 a 19.12.2006 às 21:15

P/ SHAKER: bem... não fui contemplada, mas não se pode ser todos os anos, não é? Obrigada mesmo assim pela atenção dada ao longo do ano... b'jinho

De mulherde30 a 19.12.2006 às 21:16

P/ RUI: o shaker é um gajo bem disposto. E asneirento, é verdade, mas acho graça a alguns artigos dele... b'jinho

De mulherde30 a 19.12.2006 às 21:17

P/ ERNESTO: o que tu queres sei eu! são guizos! heeheheheh... b'jinhos

De mulherde30 a 19.12.2006 às 21:21

P/ TEIXEIRA: puxa! portar-me bem??? melhor é quase impossivel! eheheheh... b'jinhos

Diz lá


Pág. 1/2



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D