Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Re- começo...

Confessado por Mulherde30, em 25.08.11


Terminar nunca será chegar ao fim. Ou o fim nunca será terminar. Como queiras.
Chegar no muro é sinal que depois dele há um caminho a descobrir. Que há um novo rumo, um começo.
Re-começo.

Depois de todos estes anos, este meu cantinho, outrora páginas em branco, tambem termina.
Inevitável um fim.
Foram sete anos. Quando ainda não tinha trinta e confessar-me era a melhor forma de me libertar dos fantasmas.

Chegou a hora. E sabes?, vou feliz.
Mas não podia deixar de te dizer até já. A ti, amigo sem rosto, das sombras. Que estiveste aí naquelas horas boas e nas outras. Cresci e aprendi contigo tambem.
Conheci assim quem tivesse acrescentado algo de bom à minha vida e outros que nem por isso.

Não posso ir sem te dizer obrigada e sem te dizer que me fizeste sentir cumprida.
Em cada mail recebido, em todo o carinho que deste, em cada ajuda que me pediste.
Sei que hoje, ao ir, vou maior. Vou mais perto daquilo que sempre quis ser. Talvez porque deixei aqui, através da partilha, tudo aquilo que sou.
E ao ir, vê tu, não vou deixar de estar aqui.

Vou recomeçar. Escrever num sitio qualquer sobre este mundo que estou a descobrir e que, confesso, me causa medo de não desempenhar o papel de mãe da melhor maneira. Daqui a nada vou ter o milagre da vida, enorme e tão pequenino, no meu regaço.

Se algum dia pensei que a vida seguisse este rumo? Não.
É por isso que é tão bom viver. A vida surpreende, reserva coisas boas, coloca-nos caminhos e no caminho de alguem.
De alguem que pode, realmente, fazer a diferença por ser diferente.

Não desistas. Olha para mim. Ainda te lembras do meu ontem? Afinal, nada é tão ruim assim. Nenhum fardo pode ser demasiado pesado enquanto estivermos vivos. Acredita. Se acreditares o teu coração estará aberto as outros, àqueles que te rodeiam e que podem, sem tu saberes, valer a pena.

Vou só ali viver uma nova vida, num papel que ainda não conheço. Vou só ali ser feliz um bocadinho e volto já.
A ti, de coração, obrigada.

publicado às 09:16


Confessionário

De rafael a 26.08.2011 às 23:14

Mais uma semana que inicia 22-08 segunda feira e que esta por acabar HOJE E APENAS SEXTA FEIRA...!Dia 22-08 segunda feira o que será puta maioral fez na sua rotina real.... e o que você leitores imaginam.....a puta maioral passou o dia inteiro trancada na casa Verdi da rua telli da sua nova mamãe a Diana.A puta maioral com ela diz com mais 30 anos fazendo isso e fazendo a recepção para criança que pernoitou na casa Verdi da sua nova família.Residência onde puta maioral se hospeda diariamente.Coisas patéticas,e ridículas que pessoas sonham,escrevem e vivem seu mundinho.........e alem de tudo se acho “gás da coca cola que infelizmente não consegue se enxergar seu próprio reflexo”

De liz a 30.08.2011 às 23:43

I can't believe i came back here, after so many years, just to see if you were still here, to see you leave... best of luck to you, in the new chapter, and new pages you will write... may they unfold before you simply and invite you in and embrace you in light and love. beijinhos.

De waterfall a 31.08.2011 às 10:39

A mulher de 30 ficará para sempre na minha memória. Também cresci contigo. Obrigado. Desejo-te as tudo de bom. beijos

De mulherde30 a 31.08.2011 às 19:21

P/ LIZ e WATERFALL: por vezes, muitas vezes, o fim é um principio. Obrigada pelo carinho. Hoje, assim, ao completar trinta e seis aninhos, sinto-me cumprida. É hora...

De mulherde30 a 31.08.2011 às 19:26

P/ RAFAEL: foste o meu maior fã... apesar dos teus motivos que poucos percebem, incluindo eu. Apesar de sentir esta mistura de pena e tristeza, tambem a ti desejo que encontres tranquilidade para lidares com esses fantasmas que te atormentam. Talvez de uma forma ou outra o meu espaço te tenha feito feliz. O melhor para ti, tambem. Agora, talvez tenhas que encontrar um novo espaço para os teus desabafos. Ou criar o teu próprio lugar. Cruzamo-nos por aí. Até um dia...

De Serena a 01.09.2011 às 14:26

Encontrei teu espaço ao acaso....Acompanhei teus momentos de dor, alegria, raiva e desabafos em silêncio...Agora que chegas ao ínicio do fim quero desejar-te toda felicidade neste re-começo...tenho certeza que serás uma grande mãe...bjs.

De Catarina a 04.09.2011 às 10:58

Vou ter saudades tuas... muitas!!... Foste a minha companhia em momentos menos felizes. Tudo de bom para ti :-)

De Alex a 09.09.2011 às 21:35

Olá Raquel,

A partir deste momento você já deve não se lembrar mais como era sua vida de dias atrás, você já não sabe mais como podia viver sem o preenchimento que tens agora. Seja Feliz, você merece. Te gostamos muito!

De Marcelle a 10.10.2011 às 18:18

Sabe...
Quando desejava alcar voo ao infinito lembrava o caminho... "uma mulher de 30"... e aqui (ai,) me achava, acolhia ...
as vidas dores e alegrias parecem tao unicas...
Deixa de presente para o mundo que te alcanca ou sonha alcancar este paraiso daqui...deixa?
Deixando quica a esperanca do talvez, no resurgir de uma mulher de 40...50 ou ...tu seras mesmo atemporalmente UNICA!
Obrigada por nos mostrar teu caminho perfumado...obrigada ...


De xana a 15.10.2011 às 14:34

Olá...
Fico triste...embora não muito presente em comentários... mas sempre acompanhei muito assidua, descobri o teu espaço ainda numa fase embrionária... temos a mesma idade, conseguiste sempre exprimir o que me ía na alma, pois os estados de espirito eram muito semelhantes. Desejo-te as melhores felicidades, para esta nova vida, que é única também. E obrigado por tudo...é bom saber que um dia tudo muda.... obrigado pela mensagem de esperança que deixas beijo

Diz lá


Pág. 1/2



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D