Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...«silêncio»...

Confessado por Mulherde30, em 30.12.05

sophie thouvenin.jpg
Fotografia: Sophie Thouvenin

Por vezes sinto-me velha.
Em dias de um quase desespero, por pensar que nunca viveria para ver determinadas situações.
Por vezes sinto-me velha por não viver, por ver a vida passar como mera espectadora.
Sinto-me velha nos dias de desânimo. Nos dias em que a vida me prega partidas e me deixa num beco sem saída.
Sinto-me velha quando me recuso a aceitar que toda a luta foi, afinal, em vão.
Sinto-me velha quando me decepciono, quando me sinto fraca para seguir caminho.
Sinto-me velha quando vem a dor baixinho e me faz sentir o peso do mundo inteiro no meu peito.
Sinto-me velha por me sentir cansada....
Por vezes, tenho dias assim...


E outros dias, como hoje...que me sinto nova demais para ver a morte levar-me um amigo....

publicado às 02:39


Confessionário

De Luisa Abreu a 30.12.2005 às 03:10

Que triste... eu axo que me sentia mais velha quando era mais nova. Sentia que carregava o peso do mundo ás costas, e foram situações como essa que descreves, e outras que observei que me fizeram ver que realmente a vida sao dois dias e que nao podemos carregar esse peso. Tirado o peso dos ombros, sinto-me mais leve e descansada, daó não me sentir tão velha ( apesar dos anos começarem a pesar). Bjs

De Ana a 30.12.2005 às 12:28

Por vezes tamb

De karina oliveira a 30.12.2005 às 14:12

lamento muito. tb sou espectadora da minha propria vida. tambem luto em vao, mas se queres q te seja sincera acho q a nossa luta nunca é em vão. um dia nem q seja daqui a mt tempo.Eu acredito q nada acontece por acaso e a minha vida é a prova disso.
Gosto muito de ti. Um beijo cheio do meu carinho, amizade e admiração por ti.

De shakermaker.blogs.sapo.pt a 30.12.2005 às 14:35

Ora viva Cara Rakel... Entrei de mansinho, li o texto, gostei do que li, tornei a ler, voltei a gostar de o ler, abri os comentários, escrevi um comentário... Tudo isto, silenciosamente, em respeito à sua tristeza. Cara Rakel, um Feliz Ano Novo com tudo de bom para si. Um abraço... SHAKERMAKER

De jorge a 30.12.2005 às 17:02

Rakel : Velhos são os trapos, eu tenho um pouco mais de idade física do que tu e nunca me sinto velho, por vezes o desânimo aparece mas temos de esquecer logo de seguida! Soluções? uma delas já aí te questionaste. Não deixes passar tanto tempo!Nem que seja apenas uma terapia. Não podes é enlear-te demasiado. Dá-se e pronto!
Até á próxima vez e terá que ser assim, porque qundo as sinetas "soarem" a sério nós vamos reparar nesse "ruído"
Força e bom ano 2006 para Ti (e já agora para mim)
JorgeMadureira

De duda a 30.12.2005 às 20:55

Olá! Um ano tem quatro estações: Amar, Sofrer, Lutar e Vencer. Por isso...Ama muito, Sofre pouco e Luta bastante. Assim Vencerás sempre...Feliz 2006

De passageiro30 a 30.12.2005 às 21:31

AMIGA, BOM ANO!!!

De mc a 30.12.2005 às 22:22

como custa. Faz-nos pensar...que podíamos ser nós.Passei pelo mesmo há pouco tempo, sabes o que me ajudou? Imaginá-lo a fazer uma coisa que ele adorava e fazia mto bem; era jogador de hóquei e quero guardar a imagem dele deslizando em cima dos seus patins a uma velocidade que agora, me parece incrível!!!Isso e pensar que "só Deus,tem os que mais ama". Ele descansa e, sendo teu amigo, acredito que queira que VIVAS. Feliz ano novo. mc

De ozzo a 30.12.2005 às 23:32

Eu sinto-me velho porque só agora com 30 é que estou a entender as mulheres e já perdi tanta vida , com coisas que n levaram a lado nenhum, segundo os cientistas os melhores anos nos homens são os 18~20 os anos com maior virilidade...agora tu com 30 minha querida entras nos melhores anos, os anos em que vais desfrutar da vida com mais calma, pedacinho por pedacinho.....vocês no entanto como ESCOLHEM tem um problema, a capacidade de como dizes: ver defeitos, voces n podem sair com 20000 homens (90000 no caso de andarem de minisaia e maquilhagem lol) tem de descartá-los atraves da vossa chamada intuição feminina de intuir de defeitos para futuro parceiro, o pior é se isso fica como vicio lol...
a solucao é NEGOCIAR.... tu abdicas de coisas e o outro abdica de outras, e isso chama.se AMOR, e eu no dia que parar de olhar para as pitas e começar a olhar para as mulheres maduras (mulheres de verdade) resolvo a minha vida lol

De bcool a 31.12.2005 às 00:20

h

Diz lá


Pág. 1/2



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D