Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um ano depois...

Confessado por Mulherde30, em 21.10.05

ann73.jpg

E aqui estou eu, um ano depois...
Engraçado como houve um dia em que me perguntei: um blog? e porque não?
E começou assim uma aventura.
Ter um lugar, alem dos meus caderninhos, onde podesse escrever e partilhar pequenas partes de mim. Como um puzzle, que completo, mostra quase tudo aquilo que sou, sem pudor.
Os meus cadernos são só meus, ninguem lê, ninguem sabe o que contêm. Aqui, quem quiser pode ler, pode deixar opinião, pode ser anónimo. Podem mostrar-me sempre que estou errada por ser este emaranhado de confusões, podem mostrar-me o outro lado que por não ser meu não sei como é...

Eu serei sempre uma mulher de 30....sem rosto.


Olho para lá e vejo-me de novo a escrever o primeiro artigo num espaço em branco, sem cheiro.
Olho de novo esses dias de turbolência. E o que já se passou! O que vivi depois desse dia... o quanto a vida se alterou.
O que somos hoje não seremos amanhã... é assim que o destino se vai cumprindo... em cada dia que fazemos do presente um rigor constante. Em cada dia que a vida sai do lugar onde ontem tinha ficado.


As pessoas que entraram e permaneceram na minha vida, as que foram ficando, de mansinho, as que sairam, as que entraram e sairam....
Pessoas. Seres que de alguma maneira ficaram aqui. E se ficaram é porque as senti. Pelas melhores razões. Todas elas me permitiram viver uma história. E ainda permitem, algumas.


Idade: 30
Atura: quase 1.75
Peso: quase 60
Morada: quase norte
Estado civil: divorciada
Filhos: ainda não foi este ano
Sonhos: alguns por realizar
Fantasias: cada vez mais...

Talvez no novo ano, haverá um dia qualquer que seja o ultimo. Chegará o dia em que sinta que já nada faço aqui, neste espaço. E o espaço ficará de novo em branco.

Mas hoje, um ano depois, quero apenas dizer obrigada.

A todos quantos aqui vêm e ainda me fazem crer que vale a pena...
Àqueles que por esta porta entraram na minha vida...
Aos que vinham sempre aqui e depois nunca mais...
Aos que comentavam sempre e depois já nem tanto...
Aos amigos que vieram e ficaram...aos outros que partiram.
Até mesmo para quem continuo a ser uma amiga sem rosto, sem voz.
Aos que escrevem e me fazem rir e chorar...
E aos que vêm nas sombras, devagar, espreitar a vida de uma mulher comum, no silêncio, mesmo a esses.

A todos: Obrigada.


Como confissão: quem sabe, de hoje a um ano, continue por aqui? É que escrever, continua a ser a melhor forma de expulsar os meus fantasmas...

publicado às 22:54


Confessionário

De Peter Pan a 22.10.2005 às 02:03

Olá Rakel. Antes de tudo, PARABENS por este ano de escrita fabulosa. És mtas das noites a minha ultima "companhia", antes do shut down há sempre uns minutos para ver se escreveste mais alguma coisa. Espero que daqui a um ano continues por aqui com as tuas histórias que nos permitem, além de sonhar, sentirmo-nos acompanhados! Don't Stop!!!!
Nem sou mto de comentar os blogs, mas hoje não podia deixar de te dar uma ou duas palavras. Até à próxima página dos teus caderninhos!!! ;)
Beijinhos.

De Ant a 22.10.2005 às 02:43

"Até mesmo para quem continuo a ser uma amiga sem rosto, sem voz..."

Um dia o mar se tornará um lago...Vc entende o que eu quero dizer... Não é preciso que lhe diga mais nada.

Este seu texto, mais que os demais, me emocionou, às lágrimas.

Abraço carinhoso

De Dangel a 22.10.2005 às 02:50

Estás a precisar de um novo template?? Queres publicar um post mas não tens o gif indicado?
Vixita já http://byus.blogs.sapo.pt (http://byus.blogs.sapo.pt) e vê o que podes encomendar ao teu gosto...=)... Vixitah já e contribuem com a tua enkomenda...=D

De bcool a 22.10.2005 às 04:28

Parabéns ...
Parecendo que não já se notam algumas diferenças ... Não te leio há um ano, muito pelo contrário, mas li um ano de ti ... Se queres que te diga a verdade, por muito que me entristecesse, ficava satisfeito por ver o espaço em branco ... Ficaria primeiro expectante, depois começaria a pensar se algo teria acontecido, mas no fim acabaria por compreender que já tinhas ultrapassado definitvamente grande parte dos teus fantasmas e estavas mais perto de seres feliz ... Já me estou a esticar ... Parabéns ... Beijinhos

De Maia a 22.10.2005 às 10:47


Parabéns! É vulgar mas que outra palavra usar?
Falas de sem rosto, sem voz... "Mintira!"

Nós que lemos, criamos-te o rosto e a voz.
Não é assim que acontece com tudo?
A realidade, mesmo a que vemos, não é só a que está na nossa cabeça?

Um abraço, felicidades.

De Manu a 22.10.2005 às 12:30

N

De idedumyrox a 22.10.2005 às 12:36

Ol

De mokomaori a 22.10.2005 às 12:59

parabens raquel...tudo de bom.

De JesusRocks a 22.10.2005 às 16:40

Parabéns à mulher de 30 e ao seu confessionário. Obrigado por continuares a manter a porta aberta para a tua alma. Desde que por aqui passei a primeira vez, é raro o dia que cá não volto em busca de uma nova história da tua vida. Felicidades. ****e uma beijoca****

De _squeezy_ a 22.10.2005 às 16:48

parabens pela tua escrita...

Diz lá


Pág. 1/10



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D