Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um inicio de dia...

Confessado por Mulherde30, em 29.10.06

barra 06.JPG
Fotografia: eu mesma

Hoje levantei-me cedo... quer dizer, para um Domingo, levantei-me cedo. É mais verdadeiro assim.
Como nos ultimos tempos tenho estado de abstinência em muitas coisas, incluindo moitas, acabo por descansar tanto que um dia destes crio raizes na cama. Pelos piores motivos, claro...já que podia lá passar este tempo todo e aproveitá-lo melhor. É que dormir, diga-se, é uma perda de tempo.

Por isso levantei-me, tomei o pequeno almoço e dei por mim a pensar: um dia bonito, vou até à praia.
E se bem o pensei, melhor o fiz.

Caminhei no paredão, pela beira mar enquanto pensava que a natureza é tão igual a nós mesmos...

Já reparaste Raquel no som do mar? Umas vezes tão agitado, outras tão calmo...
Como o amor que quando chega tanto nos perturba e acalma...

Já reparaste que se chegares mais perto de uma árvore despida, notas que já tem aqui e ali um rebento pequenino?
Como a esperança que renasce a cada dia...

Já viste que sentes na pele o quente e o frio?
Da mesma forma que sentes no coração as atitudes e as palavras doces e amargas...

Já pensaste que o vento te chega sem ser anunciado e que o sentes sem o veres?
Muitas vezes tambem o amor é assim...

Já pensaste que tambem o mar tem marés altas e baixas?
E que por isso nem sempre a vida é como desejavas que fosse?

Já notaste que num céu de nuvens, o sol brilha superior?
E é tão importante lembrar que a mágoa não ficará para sempre...

Já notaste que a manhã desabrocha a flor que a noite fechou?
Tambem o amor, qualquer tipo de amor nos fará abrir de novo o peito...

Já pensaste que à noite o céu é tão negro e mesmo assim lhe vês a beleza no brilho da lua e das estrelas?
Como é importante olharmos para dentro de nós e descobrir tantas estrelas que temos na nossa vida...


Já reparaste que o sol se vai embora e todos os dias se levanta?

publicado às 12:29


Confessionário

De carla a 29.10.2006 às 15:25

De Passo a 30.10.2006 às 14:11

lindo pensamento :) o amor esse q arde sem se ver .. como iz o poeta :) akele q pesamos q dp de se perder nc mais volta a acontecer ... esse q tudo e todos toca e qd o faz deixa mais marcas q outra coisa qq :) belo pensamento esse linda :)

De karina oliveira a 30.10.2006 às 17:52

Palavras perfeitas.
Acredita que se tivermos de viver um novo amor, tudo o que resto que de mau ou menos bom existe se torna insignificante.
Todos precisamos dele (e da esperança que nos traz) para voltarmos a sorrir.

Grande beijo

P.S. Ao mais alto nível.

De Rui a 30.10.2006 às 20:22

De mulherde30 a 30.10.2006 às 21:37

P/ CARLA: como nós, heroínas...b'jinhos

De mulherde30 a 30.10.2006 às 21:39

P/ PASSO: pensamos que o amor não volta a acontecer na dor, porque depois, bem sabemos que ele sempre volta, noutros homens, noutros gestos, noutras palavras...b'jinhos

De mulherde30 a 30.10.2006 às 21:40

P/ KARINA: só porque o amor torna tudo muito maior, não concordas?...b'jinhos

De mulherde30 a 30.10.2006 às 21:42

P/ RUI: força da natureza? não... apenas imprevisivel. heehehheh...b'jinhos

De ernesto a 31.10.2006 às 12:02

De Rui a 01.11.2006 às 10:53

Imprevisivel? Nunca se sabe com o que se pode contar? Não sei bem o que isso quer dizer, mas quem é que não gosta de uma surpresa agradável?
Beijinho

Diz lá


Pág. 1/2



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D