Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Viva o amor...

Confessado por Mulherde30, em 14.02.07

casal.JPG
Fotografia: Raquel


Porque é dia de S. Valentim. Dia dos namorados. Dia dos enamorados…


E isso, sempre me traz imagens de jantares preparados com amor, servidos à luz de velas, numa mesa improvisada perto da lareira, sobre toalhas de linho.
Porque lembro de tendas num areal, com mantas quentinhas, um rádio a pilhas e lanterna.
Porque lembro de passeios no Douro, de comboio ou de barco.
Porque inevitavelmente lembro de camas redondas de motéis cobertas com pétalas de rosas vermelhas.
Porque lembro de beijos que selam desejos e segredos.
Porque lembro de ramos de flores, de taças de champanhe e do abrir das garrafas.
Porque lembro de óleos de massagens perfumados, das mãos que deslizam em corpos, de almas que se entrelaçam perdidas por melodias que tocam baixinho.
Porque lembro de acordes de viola, de sorrisos rasgados e de palavras em letra aperfeiçoada, feitas com cuidado em papel de cartão.
Porque lembro das banheiras de espuma… de onde se viam estrelas.

Um dia apenas. Dia dos namorados. E basta pronunciar para se desencadearem em mim sentimentos.
Porque lembro momentos que vivi e outros que nunca saíram do plano da vontade.


Como confissão: uns dizem que sou romântica. Eu creio que não… talvez a palavra seja sentimentalista.
A fotografia é o reflexo de uma etapa.
Um fim de dia de Verão. Ao olhar a foto, volto lá, ao mesmo lugar. E consigo sentir todo o emanar de emoções de igual modo.
E recordo o que trazia em mim. Dias em que acreditava em tantas coisas, em que jurava a mim mesma que era possível, um dia, quem sabe, estar assim, como aquele casal. De mapa na mão, traçando caminhos como quem traça sonhos ou projectos. Poder, quem sabe, construir e viver uma cumplicidade. E vê-los, despertou em mim uma ternura singular.
Hoje sei que afinal não é possível. Que há certas lutas que não vão alem da nossa vontade. Mas a vida é como um barquinho de remos… quando só um rema, cansa-se mais depressa.
E deixo a foto para vos desejar a todos um dia muito especial. Que o que quer que façam, façam bem e de forma inesquecível. Que preparem um dia recheado de algodão doce e de palavras meigas, para não magoar. Que repitam esse carinho sempre e não apenas hoje. E que vos fique para sempre na memória.

(Bem sei que não tenho autorização para publicar esta foto, mas não resisti. E só espero que não sejam daqueles turistas que vêm cheios de carinho porque podem ser casados, sim. Mas não um com o outro. E sem querer, estou aqui a denunciar uma traição.)

publicado às 12:42


Confessionário

De jg a 14.02.2007 às 13:22

Viva o Amor? Também acho, mas porquê um "Dia dos Namorados" se todos os dias são dias de namoro? Ahh... já sei!!! Passei no Forum de Aveiro, li numa montra.. Presente Namorados 2 Telemóveis por 69,9€ até 16 Fev Promoção Vodafone S. Valentim. Ok... entendi. JG

De wish a 14.02.2007 às 14:17

viva o amor! sem duvida.mas estes dias não tem esse significado,hj é dia de consumismo,é dia de flores ,postais ah e hj até dar p ir jantar fora..gente parva

De mimi a 14.02.2007 às 15:25

só hoje é que dei com o teu blog, por mero acaso, e senti um apelo. Talvez por fazer parte da casta dos 30 eeee. Resolvi conhecer-te melhor e comecei por ver as tuas primeiras confissões(2004). Percebi que temos mais em comum do q a idade, na tua confissão em q falavas do teu ex reconheci-me nas primeiras 6 ou 7 linhas q escreves-te.
Não tenho muita disponibilidade, mas penso que irei aprender muito contigo uma vez que tu já levas alguns anos de avanço sobre mim, eu estou agora a iniciar a minha caminhada... mas não tão só como tu porque tenho uma fofinha de 5 anos para me fazer companhia.

De mi a 14.02.2007 às 16:00

Uma traição ? O Dia dos Namorados foi feito para apaixonados... O seu amôr será menos verdadeiro se não forem casados um com o outro ? O que importa a sua história ? Hoje é o dia das palavras sentidas. Hoje é o dia do Amôr. O dia em que o resto do mundo fica lá fora, como se todos os outros tivessem deixado de existir. E devia ser acabado algures numa praia, numa noite fria, enroscados no areal a sentir o mâr, e dizêr: "Amo-te tanto amôr". Tem um bom dia Raquel

De Diana a 14.02.2007 às 16:41

Viva o amor, claro que sim. Viva hoje e todos os dias! Por acaso ouvi há pouco na rádio que hoje também era dia mundial do doente coronário e dia europeu da disfunção sexual (será que está tudo ligado?)
Bom dia de S. Valentim, querida mulher de 30. Cuidado com o Cupido, ouvi dizer que anda por aí...Mil beijinhos.

De Joana a 14.02.2007 às 17:42

Oi. Gosto muito do seu blog e gostaria de pedir sua opinião a respeito de uma campanha que estou fazendo. Você tem algum e-mail de contato?

Um grande abraço,

Joana

De J. Carlos a 14.02.2007 às 18:32

Quem não tem namorado não é quem não tem amor: é apenas quem não vive (porque não pode, ou porque não quer)o gosto de namorar. Podes ter três pretendentes, dois flirts, um envolvimento, dois amantes e um marido; mesmo assim, podes não ter nenhum namorado. Não tem namorado quem não tem o gosto da chuva, do cinema, da sessão das duas, das sandes partilhadas na praia, flores, de viver, quem não gosta de falar do próprio amor nem de ficar horas e horas a olhar o mistério do outro dentro dos seus olhos... bem sabes do que falo, porque decerto já namoraste. 1 bj

De aninha a 14.02.2007 às 19:52

Também adorei a foto e concorco com você, ela é irresistível para o pensamento ... romantismo com levesa, pureza ... adorei suas palavras. É a primeira vez que venho neste blog e gostei tanto, me deu tanta inspiração que voltarei sempre.
abraço.

De Rui Rocha a 14.02.2007 às 22:16

Ser sentimentalista é uma virtude, as virtudes devem ser apreciadas e exaltadas sobretudo as que nos transformam em seres melhores e mais belos.
O dia de S. Valentim é o dia da exaltação da beleza, que mais belo possa existir para além do amor? Certamente que a partilha do mesmo. O amor existe para ser partilhado! BOM DIA DE S.ValentIM.

De AnitaA a 14.02.2007 às 23:39

Et vive l'amour!! ;) Beijos a ti

Diz lá


Pág. 1/4



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D