Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Zoosociedade...

Confessado por Mulherde30, em 09.11.07

PB090023.JPG
Fotografia: Eu mesma


Ok, sou fumadora. Sei-o eu e meio planeta. E já sei que faz mal, mas garanto que aturo coisas e gentinha que me faz bem pior ao sistema e cá me aguento à bronca.
E tambem sei que pode diminuir os anos de vida, mas deixem-se dessas merdas porque cá para mim, morrer aos 80 ou aos 72 não deve fazer muita diferença a essa altura da vida.
E tambem sei que é dinheiro muito mal gasto, mas fonha-se, deixem-me ter algum prazer na vida.
Um dia, se decidir, deixo o vicio e pronto. Alem do mais, não conheço ninguem que não tenha vicios. E se existe alguem, deve ser uma couvinha sem soda, sem gracinha nenhuma.

E posso dizer que não acho muita graça em deixarem de lado os fumadores, favorecendo os não fumadores.
Se uns têm direito, os outros também. Creio que li algures que todos os cidadãos são iguais perante a lei. Eu até podia acrescentar: "desde que tenham dinheiro". Mas isso são histórias longas demais e hoje não me apetece.
Mas tambem sei que não há lugares publicos com capacidade para terem o espaço dividido.
No fundo, todos os lugares passam a ter lugar para fumadores. Ou seja, na rua.
Muito bem...


Isto vai num bom caminho.
Não é proibido fumar, certo? Claro... aquilo que os parvos como eu deixam nos cofres do estado à conta do tabaco, nenhum politico seria estupido para proibir a venda, mas para se armarem em muito inteligentes é começar a proibir que o façam em lugares publicos.

Uma cambada de hipócritas.

Mas a surpresa é abrir um maço de tabaco e ver isto... que é como quem diz:
Sim, fumar mata. Mas obrigado por escolheres o nosso tabaco para te matares.

Ele há lá com cada um!

publicado às 17:23


Confessionário

De PPMP a 09.11.2007 às 23:12

De certa forma até concordo, mas deixa-me lembrar-te que a parte do dinheiro, é realmente importante, embora nao da maneira que a expoes... o Ministério da Saúde gasta muito mais em doenças relacionadas com o tabagismo do que aquilo que recebe dos nossos impostos pagos por cada maço de cigarros...
Nos paises europeus. só na França o consumo de tabaco desceu, nao pela proibição, mas pelo enorme aumento do preço do tabaco. Em mais nenhum pais europeu se verificou um decrescimo do consumo, por isso a solução passa, quanto a mim, pela prevenção e nao pela proibição... No final, a nossa lei que proibe ou nao fumar, vai ser igual á espanhola, os donos dos espaços decidem se é ou nao proibido fumar.

De Helena Mendes a 11.11.2007 às 14:20

Não se trata de igualdade ou desigualdade trata-te de respeito.
Eu concordo com esta lei (ok confesso: sou fumadora passiva)porque toda a gente sabe que o tabaco faz mal e que só fuma quem quer mas e os que não fumam?
São obrigados a "levar" com o fumo dos outros? É muito desagradável estar alguém a comer e outra pessoa a "atirar" o fumo para ela. Os únicos sitios onde não concordo que esta lei seja aplicada são os bares e os cafés.
Já tentou colocar-se no lado dos não-fumadores?

De Anita a 12.11.2007 às 10:08

Além de não concordar com outras coisas que dizes, onde se nota logo que não fumo ;), o que mais discordo é quando dizes que morrer aos 72, vitima de doença provocada pelo tabaco, ou morrer aos 80 vitima de Velhice (esperemos), é igual... Olha que não é... O sofrimento causado por doenças respiratórias é muito mau. Acho que devemos chegar onde for possível, mas que seja saudavelmente, de modo a desfrutarmos da vida ao máximo, até ao máximo. Não digo com isso que só se conseguirá deixando de fumar, apenas quis frisar que doenças respiratórias, que podem ser fatais, não deve ser um modo "agradável" de se terminar a vida... Mas cada um com os seus vícios, uns mais saudáveis que outros, mas que ninguém prejudique quem deles não compartilha o gosto. Há que saber viver em sociedade, coisa que se torna cada dia mais difícil. Beijinho grande para ti.

De kamui a 12.11.2007 às 13:03

Bem, aqui no Brasil vem imagens de doentes terminais, fetos deformados em potes de vidro. De todo jeito não importa muito para mim ao menos, só costumo fumar em certas ocasiões... Não por temer a morte ou coisas do tipo, mas normalmente me traz lembranças tristes

De nene a 12.11.2007 às 13:43

BoaZona, sabes eu já fumei muito, mais do que tu certamente, mas ainda bem que essa história faz parte do passado. De tudo aquilo que escreveste vou achar que é fruto da nicotina e não estás consciente, eu quando era viciado em nicotina era capaz de escrever a mesma coisa, mas agora já não.Tenho pena que de tanta coisa bonita que leio no teu blog este tema tenha sido o mais foleiro que escreveste. Um dia podes querer respirar o o cabrão que está ao teu nado sentado no dito restaurante está a tirar-te o ar e tu vais querer ter o direito de respirar e não tens, um dia o teu filho pode ter um problema pulmonar graças ao teu egoísmo e tu não vais querer tirar-lhe o ar que ele tem direito a respirar. Não te digo deixa de fumar, mas tenho o direito de te dizer p.f. não fumes ao meu lado, e acredito que se te pedir olhos nos olhos tu vais respeitar o meu pedido. Um grande beijo Raquel.

De mulherde30 a 13.11.2007 às 14:25

P/ PPMP: pois... bem que podiam aumentar de vez o preço. Assim, com esforço, fumava em ocasiões mesmo muito especiais. Digo eu que nada sei... b'jinhos

De mulherde30 a 13.11.2007 às 14:30

P/ HELENA: não me parece que seja o caso de nos colocarmos ou não na pele dos outros. Eu não fumo desde sempre. Isso diz tudo, certo? Falas de respeito. É isso mesmo. Porque é que quem fuma não merece respeito? Não acredito que nenhum adulto que fume não saiba o que está a fazer. E se leste bem o que escrevi, tambem referi o facto de entender que os lugares publicos não terem capacidade para lugares de fumadores e de não fumadores. Mas claro, deves ter lido o texto pela parte que menos interessava. Salientas o facto de mereceres respeito, esqueces que os outros tambem. Talvez nem sequer tenhas reparado que tudo isto tem que ver com a publicidade. Paciência... b'jinhos

De mulherde30 a 13.11.2007 às 14:33

P/ ANITA: sabes, todo o texto foi escrito em forma de tocar num ponto: onde até a publicidade nos diz que fumar mata mas agradece ao mesmo tempo que lhes compremos a marca. É claro que se nós soubessemos como seria o nosso fim, muitas coisas se mudavam no nosso durante. E nºao acredito que seriam apenas os fumadores a mudar de vicios. Mas é como dizes, cada vez é mais dificil viver em zoociedade. heheeheheheheheh.... b'jinhos

De mulherde30 a 13.11.2007 às 14:34

P/ KAMUI: se sabes o que fazes, é contigo. Se fumas em ocasiões especiais ou em nenhuma, só tu tens que responder por isso. E sabes, pensar nas coisas más ou feias ou tristes, nunca nos faz bem. B'jinhos

De mulherde30 a 13.11.2007 às 14:37

P/ NENE: puxa, nem tu percebeste a piada? Ando a perder o jeito. Mas já que fumaste muito, pertences àquele grupo que não pode condenar. E sabes não há um unico vicio que seja bom. Por isso é que se chama vicio, se fosse bom, seria um hábito. B'jinhos

Diz lá


Pág. 1/3



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D