Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Andanças...

Confessado por Mulherde30, em 05.08.06


Eu hoje estou que ninguém me pára. Parece que tenho o diabo no corpo. Estou possuida e ainda nem anoiteceu.
Deve ter sido por quase nem ter dormido, ou melhor dizendo, ter dormido pouco.
É que depois da festa fica-se ainda com aquele bichinho, aquela agitação.

Se bem que a companhia da festa foi um tanto ou quanto trenga. Éramos 5. Dois casais e a outra (a outra sou eu). Um dos casais não falou por ter a boca ocupada (linguados e coisas do género) e o outro não falou porque estavam de trombas um com o outro. Já que estava no Andanças, fui andando e não lhes liguei pêva que já não tenho paciência para essas merdas.

A parte boa é que cheguei a casa, já sinto o cheirinho da minha terra, que o mecânico me disse que afinal não é preciso mudar os rolamentos (isto depois de ter dado 300 voltas à rotunda com os meus pneuzinhos (meus não, do carro que gaja que é gaja não tem disso) a chiarem (e eu a chiar tambem -só que eu ando a precisar mudar o óleo) e a deitarem fumo por todo o lado (claro, não é ele que paga outros)).


Mas o que quero falar é sobre o Andanças. S. Pedro do Sul. Festival internacional de danças populares.
Para todas as idades, para todos os gostos e feitios. Já se sabe que é preciso pedal para andar de tenda em tenda a dançar e a pular ritmos todos diferentes. Para quem não se aguenta há os bares... e depois o pessoal a tentar sair de lá completamente trôpego (eles ainda acham que a cerveja mata a sede...)

Nunca vi tantas rastas juntas... ao pessoal que por lá pernoita, já que é tudo non stop, aos que acampam a semana inteira a fingirem que são hippies e os outros que o são mesmo, parece-me que tudo se torna numa competição para ver quem fica mais sujo ao fim dos 6 dias de loucura total.
Adoro estes ambientes, mesmo não sendo um estilo de vida nada parecido com o meu (que aqui a gaja gosta do cabelo esticado e usa salto agulha quando lhe apetece, nada de piercings nem tatuagens nem trapos no cabelo). Mas é bestial ver este meio. Descontraídos, ...( ah, vão atacar Portugal com uma bomba atómica? que engraçado... e será que podemos acampar para ver o espectáculo?) com ar de quem não quer saber de nada, e indirectamente lá nos mandam à merdinha, a nós, os preocupados com as coisas que não têm que ver com a natureza já que é a natureza que lhes "oferece" as ditas plantinhas milagrosas.


(eu sei....às vezes exagero, mas acho piada, não se ofendam e por favor não me levantem um processo que nas duas ultimas semanas paguei duas multas (velocidade e estacionamento) é que não sou rica para pagar a um advogado e não o posso fazer com o corpo porque este corpinho aqui é sagrado).


São as idades diferentes, as linguas diferentes (que não os impedem de a espetar na boca de outro de lingua diferente) e é vê-los estendidos pelo chão a rirem-se para mim com um ar alucinado (talvez eu tenha cara de charro)... mas pelo menos alguem me escancara um sorriso, não é como esses meninos da cidade que vestem fato Armani e óculos Gucci, que pensam que se partem se disserem olá, que parecem daqueles asiáticos sempre com cara de enjoados, que não fo*** nem saem de cima, tipo couvinhas sem soda.
Eles até podem cuspir para o chão, vomitar, coçar os tomates, arrotar (só não ouvi nenhum a peidar-se, se bem que de vez em quando notava uns cheiros estranhos), mas sorriem e dizem olá e boa noite.
Mais que isso: são gentis para não me deixarem escorregar pela ladeira de terra batida e evitarem que me estatele no chão, suja e ensanguentada, dando-me a mão para me apoiar. Ah pois é....

O que é certo é que até chega a dar vontade de mandar tudo à merda e juntar-me a esta comunidade. Deixar de me importar com horas para tudo (para dormir, levantar, trabalhar, comer), cavar um quintalinho com batatas e criar galinhas, mandar à fava o banco a quem todos os meses lhe pago o carro que conduzo e trocá-lo por um burro ou por um cavalo(que aposto que o que pago de seguro o alimentava com palha o ano inteiro e esticando ainda lhe pagava as vacinas no veterinário.)
Só não me peçam para não conseguir remexer no meu cabelo enrolado a parecer minhocas, cravar os dedos e massajar-me o couro...é que acho um piadão às rastas, mas usá-las? Nã...rástaparta! hehehehehhe... nem colocar brincos nem piercings pelo corpo ou tatuagens, digamos que eu seria um estilo hippie-zen


E no próximo ano, Andanças, contem comigo. E prometo dedicar-me para ver se nas danças não ando sempre no sentido contrário de todos os outros.

Até lá, paz (na nádega esquerda mas devagar para não ficar com marcas) e muito amor....
yô....

publicado às 20:48


O que pensas:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D