Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bem- me-quer

Confessado por Mulherde30, em 26.04.05

128904.jpg


Eu logo vi que aquilo era areia a mais para o meu camiãozinho.

À luz do dia era sem duvida mais charmoso do que me lembrava. Cumprimentou-me com um beijo. Só um. Que raio...
E diz-me para irmos tomar café à praia, que o dia está bonito.
Não gostei muito da parte de irmos no carro dele, sou traumatizada com homens a conduzir, mas... quando vi o carro, tudo piorou. Audi TT.

Significa que tem no carro a potencia que não tem no corpo, que gosta de dar nas vistas, que não quer familia, que gosta de ser o centro das atenções e que pensa que conquista umas quantas pelo carro que tem. E eu acredito que o faça com muitas garotinhas.
(Só espero que a Audi não me processe por escrever isto)
O carro é giro, anda bem, tem estilo...mas preferia ir de carroça. Já sei que ao sairmos os homens que nos olharem vão pensar: cabrão de merda, com um carro daqueles. E as mulheres pensarão: puta de merda com um gajo que tem um carro daqueles.

Sugeri que podíamos ir de BUGA...mas ele não se mostrou interessado e eu lá entrei no carro, corada.

Falámos de coisas interessantes e banais, rimo-nos. Tem um sentido de humor de ir às lágrimas. E a páginas tantas põe a mão no meu joelho. Pois querido...

Chegamos à praia e saio do carro bem depressa para não ter olhos de outros em mim que possam ver-nos como um casalinho e ainda me rotulam de: a-gaja-que-engatou-o-gajo-pelo-carro-que-tem-e-quando-não-conseguiu-fez-o-golpe-da-barriga. Ou coisa parecida.

Olho-o de longe e tem uns ombros, uns braços...melhor: um tronco daqueles tão satânicos que apetece trincar. Mas isso quer dizer que dedica muito tempoo ao corpo, o que tambem não é bom.

Sentamo-nos com um solzinho bom e que sabe tão bem!
E pronto... até aqui, com um pormenor ou outro, tudo bem...mas piorou.
Começou um desfile de gazelas. Entravam e sorriam-lhe. Chegavam à mesa e cumprimentou todas com um beijo. Só um. Penso que foram oito ou nove...que às tantas deixei de as contar. Estavam ali dois minutos que me pareciam meio século e iam embora.
Comecei a pensar que possivelmente todas elas já estiveram aqui sentadas com ele, nesta mesa a sofrer o mesmo que eu...e agora vingam-se.
E pelas carinhas que têm, possivelmente encantaram-se foi pelo carro. São daquele tipo tontinhas que se riem de uma palavra qualquer como se tivessem ouvido a maior piada. Coitadas...têm que andar tanto. Mas com esforço chegam lá, talvez no sofrimento. Enquanto tiverem a vida de graça, serão sempre assim.
O desfile vai continuando... caras de bonecas de porcelana...cheias de mamas pernas e cús. Todas tão perfeitinhas que dá nos nervos. Não sei o que faço aqui...nunca poderia competir com estas flores de estufa, logo eu que sou a imperfeição em pessoa.

Ele sorri-me como quem quer esconder. Tadinho, não é preciso. Tenho o dom ou a maldição de não precisar de palavras para entender as atitudes.

Foi para a cama com todas, excepto uma. Claro que não foi ele que mo disse. Se lhe perguntasse dir-me-ia que não...talvez até jurasse pela saúde da avó (que já morreu). E por isso não lhe perguntei...ia achar ridiculo saber que me mentia.
Certas coisas não precisam de respostas. Facilmente uma mulher engana um homem, mas para enganar outra mulher, precisa pedalar bastante. E a atitude delas denunciou tudo. Não precisei de mais nada para saber.
E cansada de o continuar a ver com tanto charme...resolvi tirar o meu trunfo. Para que ele perdesse o encanto, imaginei-o na sanita. Dá sempre resultado.

Quando percebe que eu já não estou a gostar muito de ser interrompida de dois em dois minutos por uma nova "princesa", resolveu que podiamos ir embora, jantar num sitio mais acolhedor.
Dou-lhe uma desculpa qualquer. Deixa-me perto do meu carro e diz que, mesmo sem a luz da lua, sou ainda mais bonita. Dá-me um beijo. Só um. E pergunta-me se me pode continuar a telefonar.
- Claro. Quando quizeres.

Não é isto que procuro. E com certeza não sou eu quem ele quer, portanto, melhor ficar por aqui. Sem duvida boa companhia para as moitas, para rir e um dia destes, na loucura, quem sabe?
Tenho esta mania de pôr defeito em todos. Tenho que parar...mas que culpa tem ele de ser bonito, ter um carro giro e de ter uma legião de mulheres aos pés???? Toda a culpa do mundo, digo eu.

Porque raio um homem daqueles se meteu comigo? Eu sou a patinha feia, e ele com charme que transpira em cada poro...e homens assim, dão uma trabalheira do carago. Podia dizer que parecemos O Belo e a Monstra...mas exagerava demais...que aqui algures devo ter uma beleza qualquer!

Eu sabia que o mal-me-quer não podia querer dizer boa coisa.

Mas algo me diz, que lá no fundo, bem me quer.

publicado às 12:41


O que pensas:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D