Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Catedral...

Confessado por Mulherde30, em 02.05.07

Picture 049.jpg
Fotografia: eu mesma


A caminho do Grand Canyon, veio-me a memoria, uma frase batida...
Atravessei um deserto a cantar para ouvir alguma coisa falada em Portugues, sentindo-me uma estranha numa terra estranha, onde ninguem me ve passar.
E senti as palavras que dizia, procurando ca por dentro de mim, essa Catedral, esse templo onde guardo um lugar que vai resistir a distancia e a saudade...

"O deserto que atravessei
Ninguém me viu passar
Estranha e só nem pude ver
Que o céu é maior

Tentei dizer mas vi você
Tão longe de chegar mas perto de algum lugar

É deserto
Onde eu te encontrei você me viu passar
Correndo só nem pude ver
Que o tempo é maior

Olhei pra mim
Me vi assim
Tão perto de chegar
Onde você não está

No silêncio uma catedral
Um templo em mim
Onde eu possa ser imortal
Mas vai existir
Eu sei
Vai ter que existir
Vai resistir nosso lugar

Solidão
Quem pode evitar
Te encontro enfim
Meu coração é secular
Sonha e desagua
Dentro de mim
Amanhã, devagar, me diz como voltar

Se eu disser
Que foi por amor
Não vou mentir pra mim
Se eu disser
Deixa pra depois
Não foi sempre assim
Tentei dizer... "


E sim, se eu disser que foi por amor, nao vou mentir...

publicado às 01:32


Confessionário

De euzinha a 03.05.2007 às 13:05

Olá aventureira...admito que ao ler-te invejo-te um pouco (mas uma inveja saudável)gostava de ter a tua coragem para partir rumo ao desconhecido e apenas viver ao máximo!É sempre um prazer ler-te e continua assim:)Fica bem e um grande abraço

De euzinha a 03.05.2007 às 13:05

Olá aventureira...admito que ao ler-te invejo-te um pouco (mas uma inveja saudável)gostava de ter a tua coragem para partir rumo ao desconhecido e apenas viver ao máximo!É sempre um prazer ler-te e continua assim:)Fica bem e um grande abraço

De Ana a 03.05.2007 às 15:18

Tal como mtos/as vinha cá ver se falavas e dizias como estavas. Todos nós por vezes temos vontade de sair daqui. Tu tiveste coragem, talvez porque não tens filhos. Eu nunca o farei porque tenho uma parte de mim aqui. Raquel muito boa sorte e muiiiitaaa feliiiiciiidddaadee

De Brain a 03.05.2007 às 19:20

Nem te consigo descrever o quão feliz fico, por te ver de novo "por estas bandas".
Diverte-te, goza, renova-te e quando voltares...
Cá estaremos todos à tua espera.
Beijo saudoso.

De Bruno Castro a 03.05.2007 às 20:28

De isamar a 03.05.2007 às 22:40

mas que grandes aventuras. foto fantástica. jinhos

De PATRICIA a 04.05.2007 às 12:59

PASSEI POR AQUI P

De Ev a 04.05.2007 às 16:47

Queria simplismente e com extrema sinceridade trnasmitir minha alegria em vêr seu retorno ao blog. Sou apenas uma leitora assidua!!! Sempre e inevitavelmente me emociono. Não deixe de escrever, mas sobretudo de seguir seu caminho.

De minorca a 06.05.2007 às 08:28

tá dificil.....o recomeço. atão essa inergia? quando entramos em velocidade de cruzeiro? será que o texas é assim tão peganhento? tipo as estradas na zona de Fatima que não deixam os carros andar.hoje nem digo quem sou, o comentário é um pouco badalhoco. porta-te mal!!

De eu mesmo a 06.05.2007 às 20:35

P/EU MESMA: Oh...Kerida!Como vc ñ me conhece e nem eu te conheço ñ falaria
isso.Pq...primeiro as pessoas(seres animais RACIONAIAS)observam gostam e julgam...
Segundo... os seres q elas ñ conhecem ñ conversam e ñ enxergam simplesmente julgam os outros.Vai ver tens razão...Pq isto e cultural do país todos nós somos juizes...Fez piadinha da própria amiga a rainha do maracanã ela passou dos 1000 mil ou 999...
Eu não tenho vergonha de ninguém...Ha pessoas q vc gosta... tem pessoas odeia não gosta nem pouco ...ha seres q vc prefere ...não enxergam na frente... “seqüelada”.Certo... Também acontece comigo.Qual foi o motivo da manifestação?É guerreira...ou muito amigona da SEQUELA.Pq o q falei das GP e verdade ....ou vais dizer q mentira.
Não julguem ninguém...Mas vc sim...E minha opinião também creio q é de muitos.Lembrando as pessoas não tem caráter tem e personalidade. Como tenho sombra escura q me acompanha há anos ....e não segue sua estrada seu rumo...Tive q pedir por quantos passou então chegou nos 1000.Eu não sou da era dos dinos... se fosse estaria preso no museu.Eu entro aqui de curioso...p/ ver se ainda faz homenagem à pessoa q eu gosto pelo visto não vai mais fazer pq eu abandonei...


Diz lá




O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D