Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Se estivesses aqui...

Confessado por Mulherde30, em 13.05.09

pai.jpg

Se estivesses aqui...
Se estivesses aqui...

Talvez a vida fosse diferente. E seria.
Talvez eu fosse um pouco mais feliz. E era.

Não estás. Não me falas das estrelas nem de como alcançar uma e guardá-la no brilho do olhar.
Não me contas as histórias das princesas nem dos sonhos.
Não me falas em parábulas nem me olhas com os olhos doces de mel, sorrindo.


Ou estás. E por me falares das estrelas, ainda lhes roubo o brilho, à noite, para que o meu olhar tenha mais luz.
E é por me falares no silêncio das histórias das princesas que continuo a lutar pelos sonhos.
E é por tentar decifrar os mistérios das palavras que me chegam cá por dentro e cá de dentro que acredito.
Acredito que estás.
Porque ainda te tenho o cheiro preso às mãos. Ainda trago o teu sorriso pendurado na memória. Ainda te ouço a voz nos momentos de dor, ainda te tenho as mãos a segurarem as minhas. Ainda tenho o teu olhar de algodão doce, a vigiar-me.
E em todos os dias, estas lágrimas contidas a quererem rebentar-me o peito.
Porque não há um dia que não lembre. Que não pense: se estivesses aqui, mesmo sabendo que estás. Nesse estar sem estar. Nessa ausência presente, ou nessa presença ausente que se chama saudade.
Gritar por ti. Chamar por ti. Ou apenas dizer baixinho: Pai.


Afinal, tu estás.
Hoje e sempre.
Mas se estivesses aqui, hoje, queria dizer-te apenas uma coisa.
Duas. Talvez mais. Muitas...
Amo-te Pai. Tanto, tanto, tanto...
Sinto-te tanto a falta...

Parabéns Pai...

publicado às 00:14


Confessionário

De HomemDe40's a 13.05.2009 às 10:21

Por mero acaso, dei de caras com este cantinho,o confessionário, como tu lhe chamas. E, pelo pouco que já li, tenho pena de ter chegado só agora.
Sabes, eu até cheguei a pensar que já não havia gente capaz de sentir a vida tão profundamente, capaz de traduzir a complexidade da alma de forma tão simples e bela. Sim, porque a beleza é sempre simples.
Eu também tenho saudades do meu, que partiu no meu colo. Partiu sem nunca sair daqui, desta lembrança doce e triste.
Um dia, quando eu também partir, espero que as minhas meninas continuem a dizer como tu: Amo-te, Pai.


Diz lá



O que queres saber?

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Velhas confissões

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D